mosquitos

Descoberta pode significar sentença de morte dos mosquitos

Compartilhar

Uma descoberta genética da UC Riverside poderia transformar mosquitos transmissores de doenças em insetos Peter Pans, impedindo-os de amadurecer ou se multiplicar.

Veja também: Turbina oceânica pode oferecer energia renovável ilimitada

Estágios de desenvolvimento larval e pupal do mosquito transmissor da febre amarela. 
Crédito: Lewis Hun/UCR

Em 2018, o entomologista da UCR Naoki Yamanaka descobriu, ao contrário da sabedoria científica aceita, que um importante hormônio esteróide requer proteínas transportadoras para entrar ou sair das células da mosca da fruta. O hormônio, ecdisona, é chamado de “hormônio da muda”. Sem ele, as moscas nunca amadurecerão ou se reproduzirão.

Antes de sua descoberta, os livros ensinavam que a ecdisona viaja livremente através das membranas celulares, passando por elas com facilidade. “Agora sabemos que isso não é verdade”, disse Yamanaka.

Toda espécie de inseto requer ecdisona para algum aspecto de sua jornada do ovo ao adulto produtor de filhotes. E cada inseto que Yamanaka testou também possui o transportador de ecdisona que ele encontrou em 2018, além de mais alguns encontrados em um novo estudo. Mas neste novo estudo, ele descobriu que os mosquitos são diferentes.

Os mosquitos têm apenas três das quatro proteínas transportadoras que as moscas da fruta possuem. Eles não possuem o transportador primário de ecdisona mais importante.

“Este primário está misteriosamente ausente nos mosquitos”, disse Yamanaka.

Essas descobertas já foram publicadas na revista Proceedings of the National Academy of Sciences .

A descoberta abre as portas para um inseticida específico para mosquitos que não prejudicaria as abelhas benéficas ou outros polinizadores. No entanto, afetaria mosquitos como os usados ​​no estudo, o Aedes aegypti, que espalham zika, dengue, febre amarela , chikungunya e outros vírus.

“Podemos desenvolver produtos químicos para bloquear as funções desses transportadores de ecdisona, mas não afetam o transportador original que é tão importante para outros insetos”, disse Yamanaka. “As chances de efeitos fora do alvo seriam baixas.”

Um estudo relacionado da UC Riverside, liderado pelo biólogo celular Sachiko Haga-Yamanaka, está tentando localizar máquinas semelhantes de transporte de hormônios em humanos.

“Os livros didáticos dizem que os hormônios esteróides são transportados livremente para dentro e para fora das células humanas, mas com base em nossa pesquisa com insetos, duvidamos que seja esse o caso”, disse Yamanaka.

A pesquisa de Yamanaka foi financiada pelos Institutos Nacionais de Saúde. Seu laboratório agora está examinando produtos químicos que podem bloquear os importadores de ecdisona dos mosquitos. Ele também está investigando transportadores de ecdisona em outros animais.

Existem outros métodos para garantir que as populações locais de mosquitos não possam se reproduzir. A liberação de mosquitos machos estéreis e irradiados na natureza para acasalar com as fêmeas resulta em ovos que não eclodem, uma técnica que elimina a necessidade de inseticidas.

Embora existam métodos eficazes como este para controlar as populações locais de mosquitos, Yamanaka considera importante desenvolver ferramentas adicionais para que possamos lidar com problemas relacionados a mosquitos em muitos cenários diferentes.

“É impossível extinguir os mosquitos”, disse Yamanaka. “Dependendo de uma ferramenta para controlá-los é perigoso. À medida que o clima esquenta, cria condições ainda mais favoráveis ​​para que eles se multipliquem, e eles provavelmente se tornarão um problema maior, especialmente no sul da Califórnia.”

Fonte: Phys.org

Tradução: Equipe Agron.

Por: Jules Bernstein, Universidade da Califórnia – Riverside.

Imagem principal: Depositphotos.

*Se o artigo ou imagem foi publicado com base no conteúdo de outro site, e se houver algum problema em relação ao conteúdo ou imagem, direitos autorais por exemplo, por favor, deixe um comentário abaixo do artigo. Tentaremos resolver o mais rápido possível para proteger os direitos do autor. Muito obrigado!

*Queremos apenas que os leitores acessem informações de forma mais rápida e fácil com outros conteúdos multilíngues, em vez de informações disponíveis apenas em um determinado idioma.

*Sempre respeitamos os direitos autorais do conteúdo do autor e sempre incluímos o link original do artigo fonte. Caso o autor discorde, basta deixar o relato abaixo do artigo, o artigo e a imagem será editado ou apagado a pedido do autor. Muito obrigado! Atenciosamente!

*If the article or image was published based on content from another site, and if there are any issues regarding the content or image, the copyright for example, please leave a comment below the article. We will try to resolve it as soon as possible to protect the copyright. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content and image of the author and always include the original link of the source article. If the author disagrees, just leave the report below the article, the article and the image will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!


Compartilhar

4 thoughts on “Descoberta pode significar sentença de morte dos mosquitos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: