CE espera oficializar status de zona livre

Compartilhar

CE espera oficializar status de zona livre de febre aftosa com vacinação. Na atual campanha, meta é imunizar 93% do rebanho. Melhorando o status sanitário, objetivo é abrir novos mercados.

Mesmo com a chuva que fez algum pasto nas últimas semanas, muitos animais estão fracos no sertão do Ceará. Ainda assim, os criadores são orientados a imunizar todo o rebanho.

 

A meta da campanha de vacinação contra a febre aftosa no estado é proteger pelo menos 93% dos bovinos e bubalinos, que somam 2,6 milhões de cabeças.

Desde 1997, o estado do Ceará não registra casos de febre aftosa. Nos últimos anos, o índice de imunização superou 90% do rebanho.

Este ano, o estado espera a oficialização do status de zona livre da febre aftosa com vacinação, que pode abrir as portas dos mercados nacional e internacional para os produtos cearenses. Os criadores esperam que, em breve, os animais possam participar das exposições nacionais.

Até o fim de maio, quase 2 milhões de animais devem ser imunizados. O Ceará é considerado, atualmente, zona de risco médio para a febre aftosa.

 

Fonte: Globo Rural


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: