Produção sustentável é aposta na Expoingá

Compartilhar

Feira agropecuária movimenta município de Maringá, no Paraná. Comércio de máquinas e leilões também são destaques.

 

Eles são os astros e as estrelas da festa. Na feira agropecuária de Maringá, no norte do Paraná, diversos espaços são reservados somente para eles.

Animais de alta linhagem aparecem nos julgamentos de raças e nos leilões, que rendem fortunas.

Paixão para muitos são as máquinas modernas, de última geração e gigantes. São verdadeiros carros de luxo para lida na roça. Algumas são avaliadas em mais de R$ 1 milhão.

“Nós esperamos, durante os 11 dias de feira, aproximadamente R$ 260 milhões de comercialização em implementos agrícolas e também nos diversos leilões durante a feira”, explica Wilson Matos Filho, presidente da Sociedade Rural.

A fazenda-modelo é outro espaço cheio de encantos, de belezas e experiências que podem melhorar a qualidade de vida.
Um outro espaço mostra como é possível viver em uma propriedade rural, torná-la produtiva, rentável, sem agredir o meio-ambiente. É a chamada sustentabilidade, que aparece de várias maneiras, a começar pela preservação do verde e da vida silvestre nas áreas de conservação.

As hortaliças cultivadas sem agrotóxico aparecem em uma estufa feita em bambu. Material disponível na natureza, os recicláveis também podem ser aproveitados em pequenos cultivos, no campo ou mesmo na cidade.
Jocival de Sá, zootecnista e coordenador de pecuária da Sociedade Rural de Maringá, fala sobre outros destaques da feira, como o gado da raça franqueiro. Assista à entrevista no vídeo com a reportagem completa.

 

Fonte: Globo Rural


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: