A importância das pessoas no ambiente de trabalho

Compartilhar

Colaboradores engajados e eficientes impactam diretamente nos resultados das operações

Toda empresa é formada por pessoas e cada vez mais a atenção ao desenvolvimento humano se torna determinante para alcançar resultados positivos nas associações. Sustentado por este desafio que a Polinutri participou em 26 de novembro da 4ª Semana da Qualidade a convite do seu cliente, a Diplomata, organizadora do evento.

 

Entre os palestrantes o médico veterinário e representante comercial da Unidade de Negócios Avicultura Polinutri para os estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, Éverton Rodrigues, esteve presente abordando o tema “A importância das pessoas no ambiente de trabalho” e suas experiências à gestão de pessoas. “A essência e o desejo do ser humano é o mesmo independente do segmento de atuação da empresa: as pessoas querem o sentimento de pertencimento, serem aceitas como são, se sentirem importantes e seguras, além de conquistarem atenção, admiração e respeito pelos colegas e líderes”, inicia o profissional.

 

Ele explica que todo o resultado de uma organização depende do nível de engajamento de cada colaborador, da eficiência das pessoas em fazerem suas ações e do papel das lideranças para este processo. “As lideranças das empresas precisam estar diretamente envolvidas na gestão de pessoas, caso contrário não haverá o sucesso esperado nos ambientes corporativos”, alerta Éverton.

 

De acordo com o médico veterinário, para se destacar como líder em uma organização é necessário entender e gostar de pessoas. “O papel do líder é fundamental para desenvolver e manter uma equipe de alto desempenho e rendimento. A cultura organizacional influenciará muito para que os colaboradores consigam desenvolver o seu máximo potencial e todos os níveis da empresa deverão estar engajados neste objetivo”, inclui.

 

Segundo ele, os principais pilares que nortearão os tempos com resultados acima da média são: inteligência emocional, autoconhecimento e autorresponsabilidade. “A partir deste momento, com esses três fatores implementados, é esperado que as pessoas passem a se relacionar melhor umas com as outras refletindo na minimização dos conflitos interpessoais, espírito de liderança, foquem na solução dos problemas, entendam que são responsáveis pelas suas atitudes e percebam que fazem parte de algo maior”, detalha e inclui que o líder deve ser responsável por orientar e dar feedback aos colaboradores e avaliar o desempenho da equipe por meio de critérios objetivos para acompanhar a evolução do tempo.

 

Todos esses fatores, apontam o profissional, estão amparados na essência e no desejo do ser humano. “Independentemente do segmento de atuação da empresa, as pessoas querem ter o sentimento de pertencimento, serem aceitas como são, sentirem importantes e seguras, além de conquistarem a atenção, admiração e respeito de colegas e líderes”, destaca e finaliza: “Nos dias de hoje como as pessoas se destacam muito mais pelos resultados de seus padrões do que por suas técnicas. ”

 

De acordo com a Coordenadora de Marketing da Polinutri, Marley Avanzi, a empresa preza por este tipo de ação. “A Polinutri agradece este convite que simboliza o reconhecimento e compromisso Polinutri de estar junto aos seus clientes.”


Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *