Carlão da Publique

Carlão da Publique é Destaque Comunicação Rural

Compartilhar

Carlão da Publique é Destaque Comunicação Rural do ‘Prêmio Deusa Ceres’.

Veja também: Agricultura em áreas de conservação ambiental é liberada

A homenagem é conferida pela Associação dos Engenheiros Agrônomos do Estado de São Paulo há cinquenta anos e homenageia os profissionais que se destacam no Agronegócio do Brasil.

 O técnico agrícola, jornalista e CEO do Grupo Publique Carlos Alberto Silva, o “Carlão da Publique”, foi homenageado durante a Agrishow 2022, pela Associação dos Engenheiros Agrônomos do Estado de São Paulo (AEASP), recebendo o Prêmio Deusa Ceres como “Destaque Comunicação Rural”. A cerimônia foi realizada no Centro de Convenções da Cana-de-Açúcar, no Parque de Exposições de Ribeirão Preto (SP), onde foi realizada a Agrishow. E contou com a presença dos ex-ministros Roberto Rodrigues, da Agricultura, Ricardo Salles, do Meio Ambiente, Aldo Rebelo, da Defesa, além de Maurílio Biagi, empresário do setor de bebidas e cana-de-açúcar, e de Francisco Matturro, presidente da Agrishow,

“Eu sou técnico agrícola de formação, mas acabei passando a minha vida mostrando e falando da capacidade do agricultor e pecuarista do nosso país. E posso dizer que o programa que criei, o “Fala Carlão”, em oito anos ouviu muito mais agrônomos do que qualquer outro profissional. Logo, é fácil entender como me sinto lisonjeado com essa lembrança”, agradeceu Carlão.

Ele foi criador de Gir Leiteiro e presidiu a Associação Paulista dos Criadores da raça (APCGIL). Possui 34 anos de experiência nos assuntos da Agricultura e Pecuária nacional e internacional. Já editou as publicações AgroGuia, do jornal Folha de São Paulo, Revista Gir Leiteiro e Revista da Zootecnia (da Associação Brasileira de Zootecnia – ABZ). Acumula o cargo de Publisher da Revista AgroRevenda, editor e membro do Conselho Editorial da Revista Noticiário da Tortuga | DSM, além de várias publicações customizadas para clientes do Grupo Publique.

 Também integra o Conselho Superior do Agronegócio (COSAG) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP) e já conquistou os Prêmios Especiais “Nelore Fest 2001” e “Beef Expo 2015”, além de ter sido eleito “Homem da Mídia” pela Associação Brasileira de Criadores (ABC), em 2012, e Personalidade do Ano pela Associação Brasileira de Marketing Rural e Agronegócio (ABMRA). Carlão ainda comanda eventos ligados ao segmento, faz palestras pelo Brasil inteiro e é apresentador do programa “Fala Carlão”, que tem quase cinco mil edições produzidas desde 2014 e atualmente vai ao ar no Canal do Boi e em todas as redes sociais do Grupo Publique.

 A AEASP nasceu em 1944, com o objetivo de unir os profissionais da agronomia na busca por seus interesses e promover a valorização da categoria. A entidade é filiada a Confederação das Federações de Engenheiros Agrônomos do Brasil (CONFAEAB).  As eleições ocorrem a cada três anos e o voto é secreto. Estão no escopo da AEASP o acompanhamento da evolução da agronomia, da agropecuária, das questões ambientais e de todo o universo que envolve a atuação do engenheiro agrônomo.

“Homenagear os engenheiros e enaltecer o trabalho que eles fazem é reconhecer uma atividade que ajuda a alimentar o Brasil e o mundo. E a homenagem também é para outros profissionais que também atuam na mesma cadeia, enaltecendo o trabalho deste setor que ajuda tanto a economia brasileira, ainda mais nestes tempos de tantos desafios”, explicou o presidente da AEAESP, Henrique Mazotini.

 Outros dez profissionais também receberam homenagens da Associação. Evaristo de Miranda levou o Troféu Deusa Ceres como Engenheiro Agrônomo do Ano.Evaristo implantou e dirigiu três Centros Nacionais de Pesquisa na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). É agrônomo formado na França, fez Mestrado e Doutorado, escreveu mais de 50 livros, mil artigos científicos e de divulgação no Brasil e no exterior. “Agradeço por viver esse mundo rural tão maravilhoso. A Agronomia é uma ciência fascinante. E, hoje, sabemos que Sustentabilidade pede Inovação. Nossa Agropecuária ficou enorme e vai continuar crescendo. Nossa dinâmica é impressionante. Só no ano passado, abrimos mercados em 30 países para mais de 60 produtos. Com atuação decisiva do Agrônomo. Uma profissão que só me trouxe alegria. Precisamos entender as leis que regem a produção vegetal. Porque Agricultura é sempre primeiro ano, mudando sem parar”, discursou Evaristo.

 A AEAESP ainda distribuiu as Medalhas ‘Fernando Costa’ para sete profissionais. O professor da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (USP) e Pesquisador Carlos Eduardo Pellegrino Cerri no setor de Ação Ambiental.Na área de Ensino, o indicado foi Zacarias Xavier de Barros, professor e chefe do Departamento de Engenharia Rural e Socioeconomia da UNESP. Na Extensão Rural, o premiado foi Victor Branco de Araújo, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

José Fernandes Franco, empresário do ramo de Turismo, foi lembrado na área da Iniciativa Privada.Em Cooperativismo, DiogenesKassaoca, da Gerência de

Mercado da Ceasa de Campinas (SP), foi o vencedor. Antonio Ambrósio Amaro foi lembrado como Pesquisa, pelo trabalho desenvolvido no Instituto de Economia Agrícola. Na Defesa Agropecuária, Chukichi Kurosawa recebeu o símbolo.

Por fim, a medalha Joaquim Eugênio de Lima foi para José Manoel Gobbi de Oliveira, Diretor da Gobbi Paisagismos, empresa especializada em projetos de áreas verdes, unindo as potências da Agronomia e Arquitetura. E o Destaque Empresa ficou para a Herbae Consultoria e Projetos Agrícolas Ltda, representada pelos Marcos AntonioKuva e Tiago Pereira Salgado.

A cerimônia ainda homenageou os 130 anos da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

Imagem principal: Depositphotos.

*Se o artigo ou imagem foi publicado com base no conteúdo de outro site, e se houver algum problema em relação ao conteúdo ou imagem, direitos autorais por exemplo, por favor, deixe um comentário abaixo do artigo. Tentaremos resolver o mais rápido possível para proteger os direitos do autor. Muito obrigado!

*Queremos apenas que os leitores acessem informações de forma mais rápida e fácil com outros conteúdos multilíngues, em vez de informações disponíveis apenas em um determinado idioma.

*Sempre respeitamos os direitos autorais do conteúdo do autor e sempre incluímos o link original do artigo fonte. Caso o autor discorde, basta deixar o relato abaixo do artigo, o artigo e a imagem será editado ou apagado a pedido do autor. Muito obrigado! Atenciosamente!

*If the article or image was published based on content from another site, and if there are any issues regarding the content or image, the copyright for example, please leave a comment below the article. We will try to resolve it as soon as possible to protect the copyright. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content and image of the author and always include the original link of the source article. If the author disagrees, just leave the report below the article, the article and the image will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: