Entidade leva delícias do campo a evento gastronômico

Compartilhar

Senar está apresentando produtos elaborados por agricultores familiares. Semana de Gastronômia começa nesta segunda (29) e vai até quinta (2).

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/MS) está apresentando durante a Semana Nacional de Gastronomia e Turismo, que está sendo promovida entre esta segunda (29) e quinta-feira (2), no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande, vários pratos regionais elaborados por produtores rurais do estado. A entrada nos quatro dias do evento é gratuita.

Entre as “delícias” estão pratos como: Brigadeiro de baru, de pequi e de bocaiuva, geleia de hibisco e farinha de jatobá. A feira terá espaço para degustação e comercialização de produtos como queijos, pão de jatobá e abóbora madura, derivados de mel, além da venda de produtos in natura como berinjela, mandioca, maxixe e caxi, cultivados por produtores familiares do Estado.

Esses produtos são fornecidos pelos agricultores familiares atendidos com assistência técnica e extensão rural do Senar/MS. Boa parte é integrantes do “Hortifruti Legal”, um projeto de produção assistida que leva soluções para problemas identificados tanto na produção, como na comercialização e industrialização dos produtos.

De acordo com o superintendente do Senar/MS, Rogério Beretta, o evento será uma oportunidade de fortalecer tanto o trabalho dos produtores rurais de Mato Grosso do Sul como produtos da culinária ainda desconhecidos pela população.

“Além de ajudar a ser eficiente no cultivo, o Senar/MS também tem programas que orientam na comercialização e gestão da propriedade. A feira é um espaço para demonstrar a capacidade empreendedora do pequeno produtor”, argumenta Beretta.

Cozinha pantaneira

Outro diferencial levado pelo Senar/MS ao evento é a cozinha pantaneira. Em meio a bruacas – bolsas feita de couro típicas no transporte das comitivas -, facões e outros utensílios, permitirá ao participantes da Feira conhecer e degustar a alimentação dos peões das comitivas nas viagens de longa duração, com o cardápio típico dos pantaneiros.

Durante os quatro dias da Semana Nacional de Gastronomia e Turismo serão oferecidos ao público palestras, rodadas de negócios, consultorias, mostra de agricultores, cozinha show, além do Enchefs e a entrega do Prêmio Dólmã, o prêmio máximo da gastronomia brasileira.

Fonte: Agrodebate.


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *