Açúcar sobe com câmbio favorável

Compartilhar

Os preços do açúcar subiram ontem na Bolsa de Nova York, sustentados pela desvalorização do dólar ante o euro. O contrato maio subiu 0,70%, cotado a 27,21 centavos de dólar por libra-peso. O câmbio favorável provocou compras de fundos e sustentou a alta da commodity, segundo analistas. Mas o mercado também foi influenciado pelo discurso do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Ele pediu o aumento da produção de etanol no país como parte de uma nova agenda para diminuir a dependência do petróleo importado. Obama estabeleceu meta geral de reduzir as importações de petróleo em um terço até 2025, de construir quatro novas refinarias de álcool nos próximos dois anos e de direcionar as agências federais a comprar apenas veículos que utilizam combustíveis alternativos até 2015. Ele citou o Brasil como exemplo de país onde a utilização de biocombustíveis renováveis é uma realidade.

Na Bolsa de Chicago, o mercado de grãos foi guiado pela expectativa em torno dos dados sobre o plantio da próxima safra que serão divulgados na manhã desta quinta-feira pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos. Diante das apostas de queda na área plantada com soja, o preço da oleaginosa subiu 0,77%, para US$ 13,72 por bushel. Já milho e trigo se desvalorizaram 1,27% e 1,36%, respectivamente, uma vez que se espera aumento na área cultivada nos Estados Unidos.

fonte:O Estado de S. Paulo


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *