Custo de produção do frango aumentou mais de 115%

Compartilhar

Em 6 anos, custo de produção do frango aumentou mais de 115%.

O levantamento mensal da Embrapa Suínos e Aves aponta que em janeiro passado o custo de produção do frango ficou em R$ 2,8019/kg, valor 24% superior ao registrado em janeiro do ano passado. Em relação a janeiro de 2010, data do primeiro levantamento do gênero efetuado pela Embrapa Suínos e Aves, a variação acumulada supera os 115%.

Analisados os dois principais fatores de custo do frango – ração e pinto de um dia – fica claro que todo o peso desse aumento recai sobre a ração, pois esta, nesses seis anos, aumentou 136%, enquanto o pinto de um dia registra aumento de 57%.

Em função dessas variações, a participação da ração no custo total de produção do frango passou de 64,69% em janeiro de 2010 para 71,88% em janeiro de 2016. Já a participação do pinto de um dia recuou de 18,21% para 13,52%.

Contrapondo-se esse custo de produção ao preço recebido pelo produtor, na granja (base: interior de São Paulo, já que o Paraná, com produção quase totalmente integrada, praticamente não comercializa frango vivo), constata-se que, frente a um custo mais de 115% maior, a remuneração obtida pelo frango vivo aumentou menos de 75%. Ou seja: enquanto o custo por quilo subiu de (valores arredondados) R$ 1,29 para R$ 2,80, o preço pago ao produtor passou de R$ 1,58 para R$ 2,76.

Fonte: Avisite.


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: