Amazon: Espaço aéreo dedicado para drones

Compartilhar

Amazon quer espaço aéreo dedicado para drones que fazem entregas.

Proposta sugere que drones de alta velocidade fiquem limitados a uma área que cobre uma altura de 200 pés a 400 pés.

Não é nenhum segredo que a Amazon está seriamente pensando em usar drones para entregar pacotes em distâncias curtas. Agora, a empresa deu um passo a mais para atingir esse objetivo.

A companhia apresentou hoje (28/7) uma proposta de designar uma parcela do espaço aéreo para entregas feitas via drones. A proposta sugere que drones de alta velocidade fiquem limitados a uma área que cobre uma altura de 200 pés a 400 pés. Outro espaço, 100 pés acima dessa área, seria designada como zona de exclusão aérea para atuar como amortecedor evitando choques com aeronaves tradicionais.

A companhia revelou os planos durante a NASA UTM Convention, na Califórnia (EUA), e incluiu cinco recursos adicionais aos drones, como um sistema de GPS avançado nos drones para localizar em tempo real o que está próximo dos objetos, internet confiável para manter a comunicação durante os voos, capacidade de se comunicar com outros drones e sensores para evitar colisão com pássaros e cabos, por exemplo.

Nos Estados Unidos, a regulamentação atual permite que drones atinjam até 400 pés. A mudança proposta pela Amazon teria um impacto negativo sobre amadores de drones, já que eles seriam autorizados a voar na parte inferior do corredor de 200 pés. No entanto, o caminho para autorização da regra é longo. É aguardar para ver.

Fonte: IT Forum 365.


Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *