Piscina falsa diverte turistas em museu japonês

Compartilhar

Entrando numa fria? Piscina falsa diverte turistas em museu japonês.

Submergir em uma grande piscina sem molhar um único fio de cabelo já é possível no Japão. Graças ao trabalho do artista plástico argentino Leandro Erlich, os visitantes do 21st Century Museum of Contemporary Art, localizado em Kanazawa, podem ter a sensação de estarem submersos em um tanque de 2,79m.

Isso porque a piscina é coberta com uma fina camada de água – de apenas dez centímetros de profundidade, colocada na parte superior de uma folha de vidro. Desta forma, todos podem entrar na piscina vazia e observar o efeito da água ondulando de uma nova perspectiva.

Emoldurada por um deck de calcário, a piscina fake é parte da exposição permanente do museu. De acordo com o site oficial, o trabalho de Ehrlich tenta “minar os sentidos humanos” e ainda fazer as pessoas “entrarem em relacionamentos com espaços, aprendendo com a realidade.”

Fonte: UOL, em São Paulo.

Link da matéria original: http://noticias.bol.uol.com.br/ultimas-noticias/entretenimento/2016/01/13/entrando-numa-fria-piscina-falsa-diverte-turistas-em-museu-japones.htm


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: