Será que a arroba ainda sobe 15% em 2014?

Compartilhar

Pecuária no Brasil: Será que a arroba ainda sobe 15% em 2014?

 

Em 2013, mais precisamente em junho, quando a @ do boi gordo em SP valia algo em torno de R$ 100, ou até em setembro, quando valia aproximadamente R$ 108,00, parecia muito otimismo pensar numa @ de R$ 145,00 para 2015, que corrigiria toda a inflação do período. Estávamos satisfeitos com uma pequena melhora, que nem sequer remunerava a inflação, muito menos o aumento do custo de produção. No artigo “Pecuária no Brasil 2013: fase de alta do ciclo está próxima”, dissemos que estávamos próximos de uma forte recuperação de preços.

 

“Já considero 2013 um ano de recuperação em relação a 2012 e, na minha avaliação, 2014 e 2015 serão ainda melhores, ainda mais com a mistura de Copa do Mundo (de Futebol, em 2014), inflação, ano político e custos de produção elevados”, registra o conteúdo publicado no dia dez de junho de 2013.

 

Depois, no artigo “É loucura projetar arroba do boi gordo a R$ 145?”, de 25 de setembro do ano passado, consta que o boi de R$ 103/@ no MS naquela época, que era o boi de R$ 108 em SP, não era excelente ainda. “Ele não está nem perto de bom. Em SP, no pico da alta de 2010, a @ era cotada em torno de R$ 115.

 

Aplicando uma inflação de 5% ao ano durante 2011, 2012 e 2013, essa mesma @ de boi teria que valer R$ 130 a R$ 135 para remunerar tão bem quanto em 2010, isso sem considerar o aumento do custo de produção”, está escrito. Veja na tabela abaixo números do Indicador ESALQ/BM&FBovespa à vista, sem Funrural, desde 2006 (exceto 2009, ano de crise).

 

Em parênteses, as variações em comparação com os valores do ano anterior. tab pec 2014 Então, recapitulando, de 2006 até 2010 tivemos um aumento de mais de 100% no preço da @, quando saímos de +/- R$ 50 para R$ 114. Usando números arredondados e desconsiderando a variação de 2009, ano pós-crise financeira, podemos dizer que a @ do boi em SP passou da casa dos R$ 50 para a casa dos R$ 70 em 2007, de R$ 70 para R$ 90 em 2008 e de R$ 90 para R$ 110 em 2010.

 

Tivemos bem claramente três anos de alta (com 2009 no meio), um ano que o mercado andou de lado (2011) e um ano de baixa (2012). Mas até aqui tudo é passado.

 

E o futuro? Previsão é uma coisa complicada de se fazer, mas vamos lá! Do jeito que a coisa vai… 1) Com o dólar mais alto e as exportações a todo vapor (diga-se de passagem, para 2014 a previsão é de 20% de aumento segundo a ABIEC); 2) Consumo interno firme; 3) Áreas de pastagem diminuindo em todo o país (relembre o quadro aqui); 4) Bezerro valorizado e pouco ofertado (veja as cotações); 5) Ano de eleição federal e copa do mundo (rios de dinheiro são despejados na economia, e “dá-lhe, churrasco!”); 6) Inflação sem dar trégua; … com certeza teremos preços bem melhores e, com isso, o valor de R$ 145/@ não vai ser uma coisa do outro mundo.

 

Meu preço alvo para a @ do boi em SP no fim de 2014 é R$ 130 (teto do canal de alta). Hoje o contrato futuro para outubro de 2014 já vale R$ 122 na BM&F Bovespa e o JBS já paga para o boi do final de julho, aqui no MS, R$ 111/112 por @. Por esses motivos recomendamos: tem que investir em gado de corte. Que venha o segundo semestre de 2014!

 

Fonte: (Portal Boi A Pasto/SP – 07/02/2014).


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: