Cuiabá: Festival de flores oferece mais de 200 espécies

Compartilhar

O preço das flores e plantas varia de R$ 2 até R$ 235. Trabalhos de artistas plásticos são expostos na feira até dia 12.

A praça Alencastro, no centro de Cuiabá, ganhou mais cor esta semana. Com mais de 200 espécies de plantas, a 12º edição do Festival de Flores começou nesta quinta-feira (2) e segue até o dia 12 de julho, das 9h às 21h. O evento é beneficente e destina parte da renda arrecadada para as ações desenvolvidas pela instituição Casa da União Santa Luzia.

Durante o festival, serão vendidas flores e plantas, como roseiras, palmeiras, cactos, orquídeas, bonsais, rosas do deserto e pimenteiras. As plantas vêm da cidade de Holambra (SP) e podem ser adquiridas por valores até 70% menores em comparação com o comércio local. O preço das flores varia de R$ 2 até R$ 235.

Elza Ferreira, auxiliar de serviços gerais, é apaixonada por flores e levou quatro flores de espécies diferentes para casa. “Venho no evento todo ano para comparar os preços. Se pudesse, levaria todos as flores para casas”, falou.

Segundo Ivan Bispo, que está trabalhando no evento, as flores este ano estão mais bonitas do que os outros anos, já que o festival, que ocorria em maio, agora está acontecendo no período do inverno. “Nos dois anos anteriores, o evento aconteceu em julho e as flores estão mais bonitas, mais viçosas”, disse.

Heitor Galdino, coordenador da desta edição, fala da importância do festival para a população cuiabana. “Este evento é importante para a população criar o hábito de plantar. Além disso, o dinheiro arrecadado no festival é investido em educação, como cursos profissionalizantes”, destacou.

Para o presidente da Casa da União Santa Luzia, Edimir Bispo, o evento traz cor para a capital. “Ele traz um colorido especial, as flores embelezam mais a nossa cidade”, citou.

O Festival já é uma tradição em Cuiabá e hoje integra o calendário oficial de eventos da capital. Além do comércio de plantas, a população poderá conhecer os trabalhos de artistas plásticos e artesãos que estão expostos na feira.

Fonte: G1 MT.


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *