Falta de chuva pejudica produção de melancia em SP

Compartilhar

Falta de chuva prejudicou o desenvolvimento da fruta. Houve queda acentuada na produção e colheita.

 

 

Um grupo de trabalhadores se esforça para colher o máximo de frutos possíveis.

A dificuldade no trabalho não está em carregar melancias pesadas da terra para o caminhão, mas em escolher àquelas com boas condições para serem comercializadas.

“Não deu muita produção. Então, tem que escolher para levar mercadoria boa, a prática para levar para o caminhão a gente já tem”, diz o trabalhador rural Fernando Gabriel.

A colheita da melancia já foi bem mais proveitosa em Espírito Santo do Turvo, no centro-oeste paulista. O município é um dos maiores produtores da fruta no estado.


Os agricultores produzem uma média de 40 mil toneladas de melancia por safra, mas diversos fatores prejudicaram a produção desta vez.

A falta de chuva durante longos períodos fez com que as melancias não se desenvolvessem como era esperado. Os frutos da variedade top gun atingem uma média de 15 quilos, mas boa parte não passou dos cinco quilos. As frutas perderam valor de mercado.

Mais da metade da produção de uma área de 80 hectares plantados foi perdida. Milhares de melancias foram abandonadas na plantação e nos próximos meses, vão servir de adubo para a terra ou comida para o gado.

Para o agricultor Jair Gabriel, fazer a colheita de frutos tão pequenos não compensa. “Não tem comércio. É sempre de oito quilos para cima, estamos sem comercialização”, diz.

 

De acordo com a Casa da Agricultura de Espírito Santo do Turvo, órgão que presta assistência aos produtores, as perdas na safra de melancia, no município, chegam a 50%.

 

Fonte: Globo Rural


Compartilhar

🚀 Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? ✅ 👉🏽 Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp ( clique aqui ), ( clique aqui ) ou Telegram Portal Agron ( clique aqui ), Telegram Pecuária ( clique aqui ) , Telegram Agricultura ( clique aqui ) e no nosso Twitter ( clique aqui ) . 🚜 🌱 Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias ( clique aqui )

  • Se o artigo ou imagem foi publicado com base no conteúdo de outro site, e se houver algum problema em relação ao conteúdo ou imagem, direitos autorais por exemplo, por favor, deixe um comentário abaixo do artigo. Tentaremos resolver o mais rápido possível para proteger os direitos do autor. Muito obrigado!
  • Queremos apenas que os leitores acessem informações de forma mais rápida e fácil com outros conteúdos multilíngues, em vez de informações disponíveis apenas em um determinado idioma.
  • Sempre respeitamos os direitos autorais do conteúdo do autor e sempre incluímos o link original do artigo fonte. Caso o autor discorde, basta deixar o relato abaixo do artigo, o artigo e a imagem será editado ou apagado a pedido do autor. Muito obrigado! Atenciosamente!
  • If the article or image was published based on content from another site, and if there are any issues regarding the content or image, the copyright for example, please leave a comment below the article. We will try to resolve it as soon as possible to protect the copyright. Thank you very much!
  • We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.
  • We always respect the copyright of the content and image of the author and always include the original link of the source article. If the author disagrees, just leave the report below the article, the article and the image will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
error: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: