Gigante do agro abre capital e movimenta R$ 741 milhões

Compartilhar

O IPO da Jalles Machado movimentou um total de R$ 741,5 milhões; durante o pregão no dia de ontem as ações da empresa chegaram a subir quase 10%.

A produtora de açúcar e etanol Jalles Machado fechou com forte alta em seu primeiro pregão na B3 (Bolsa de Valores de São Paulo). Com isso, os papéis foram negociados a R$ 9,04. A cifra é 8,92% maior que os R$ 8,30 pelos quais as ações foram vendidas na oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês). Na mínima do dia, até agora, a Jalles foi cotada a R$ 8,76. Na máxima, atingiu R$ 9,99.

Apesar da valorização expressiva nesta segunda-feira (8), os papéis ainda são negociados abaixo da faixa indicativa dos coordenadores do IPO, que ia de R$ 10,35 a R$ 12,95.

O IPO da Jalles Machado movimentou um total de R$ 741,5 milhões. Na oferta primária (dinheiro que vai para o caixa da companhia), foram captados R$ 594 milhões. Na oferta secundária, os acionistas venderam o equivalente a R$ 147,5 milhões em ações.

“Hoje é um dia muito importante na história da Jalles Machado. É com muito orgulho que anunciamos a nossa entrada na Bolsa de Valores. Somos a única empresa goiana de capital privado e a quarta do setor sucroenergético brasileiro listada na B3. Com o IPO, passamos a ser a 171ª empresa listada no Novo Mercado, segmento com os mais elevados padrões de governança corporativa. Estamos muito felizes em tocar essa campainha que anuncia um novo momento para a Jalles Machado. Agradecemos a todos que nos ajudaram a chegar até aqui, em especial aos nossos colaboradores.” – comunicado da empresa nas redes sociais.

A Jalles pretende usar os recursos da oferta primária para comprar uma terceira unidade industrial e investir no aumento da produção de cana-de-açúcar nas duas usinas atuais, ambas em Goiás.

A Jalles Machado é uma empresa de açúcar e etanol, com capacidade de moagem de cerca de 5,3 milhões de toneladas por ano. Ela se destaca por ser a a maior exportadora de açúcar orgânico do mundo, com margens mais elevadas que o açúcar comum, segmento que teve crescimento de 15% ao ano nos últimos três anos. Entre os seus clientes, está rede americana de supermercados Costco.

A companhia foi fundada em 1980 na cidade de Goianésia (GO) e pertence ao grupo Otávio Lage (detentor das empresas Planagri S.A. e Vera Cruz Agropecuária Ltda.) e às Famílias Kinjo, Morais Ferrari, Jair Lage e Braoios.

Fonte: Compre Rural.


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: