Ainda mais próxima do cliente

Compartilhar

Feedis® cria projeto com a finalidade de aprofundar conhecimento técnico-científico de seus produtos para clientes e parceiros

 

A proposta surgiu como forma de amparo técnico relacionados a temas específicos junto à produção animal. Idealizado pelo médico-veterinário e Gerente de Negócios Feedis, Luciano Heis, o Momento Feedis foi iniciado em outubro deste ano e traz abordagens distintas e aprofundadas sobre desafios produtivos.

O primeiro segmento de negócio nesta primeira etapa do projeto é a suinocultura por meio do tema “Importância do uso de fibra funcional em dietas de verão na suinocultura com foco na qualidade dos leitões”. “Esta uma iniciativa que reúne um número reduzido de profissionais ligados à atividade mirando o máximo aproveitamento de informações técnicas atualizadas do nosso portfólio buscando sanar dúvidas para o melhor desempenho zootécnico e financeiro dos clientes dos nossos clientes”, destaca Luciano.

Participaram da ação empresas dos segmentos de nutrição animal, cooperativas, centrais de genética e agroindústrias. “Nossa expectativa é levar este projeto para o maior número de empresas. Temos um excelente retorno sobre a ação e as informações compartilhadas”, ressalta o médico veterinário.

O tema que vem sendo apresentado, de acordo com Luciano, se faz necessário devido ao período do ano e os efeitos nocivos relacionados ao estresse calórico em fêmeas em fase de reprodução. “Estamos apresentando os conceitos da aplicação de fibras funcionais e sua contribuição para esta fase e período de produção”, sinaliza.

Sobre a Feedis – Empresa austro-brasileira do setor de nutrição e saúde animal, a FEEDIS distribui representa uma ampla gama de aditivos, suplementos que auxiliam na promoção  da saúde e nutrição dos animais sem que haja a necessidade de uso de antibióticos.

Através de parcerias estratégicas com fabricantes de alta credibilidade internacional, a FEEDIS disponibiliza no mercado uma fonte constante de soluções para a criação dos animais alinhadas com os conceitos de segurança alimentar e sustentabilidade.

 


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *