Aprosoja/MS avalia qualidade dos grãos da safra 2020/21

Compartilhar

Relatório técnico final com os resultados será divulgado em abril.

Técnicos da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso do Sul (Aprosoja/MS) percorrem municípios produtores de soja para coleta e avaliação dos grãos colhidos nesta safra. O projeto de Classificação de Grãos coletará informações de 13 municípios do Estado, com a finalidade de identificar características dos grãos, que devem atender normas de segurança alimentar e influenciar positivamente na lucratividade da propriedade rural. O relatório técnico com resultados será divulgado em abril.

“Por meio desse processo de Classificação de Grãos os técnicos conseguem avaliar a padronização, o nível de impurezas, a umidade e outros critérios, baseados em metodologia do Ministério da Agricultura. O processo é de suma importância para validação da qualidade dos grãos produzidos em Mato Grosso do Sul, uma vez que suas características físicas influenciam diretamente na valorização da safra e na avaliação dos insumos utilizados, bem como no manejo empregado durante o desenvolvimento da planta e dos grãos”, explica o presidente da Aprosoja/MS, André Dobashi.

“O que mais levamos em consideração são os requisitos de qualidade do produto. Durante o processo os grãos são divididos em dois grupos: Grupo 1 – consumo in natura ou Grupo 2 – para outros fins. Entre os itens considerados à risca está o total de impurezas e matérias estranhas, total de grãos avariados (ardidos, queimados, mofados, fermentados, danificados, germinados, chochos e imaturos), esverdeados e partidos, quebrados e amassados. Esses são os requisitos analisados para que o produto esteja dentro do parâmetro de qualidade que seu produto é considerado”, explica o coordenador técnico da Aprosoja/MS, Dany Corrêa.

Neste ciclo os técnicos da Associação já percorreram nove municípios sul-mato-grossenses: Maracaju, Sidrolândia, Guia Lopes da Laguna, Bonito, Bodoquena, Miranda, Dourados, Vicentina e Juti. Amambai, Naviraí, São Gabriel do Oeste e Costa Rica, estão na rota técnica e devem ser atendidos ainda no mês de março. Rafael de Souza Martins e Mário Sérgio dos Santos de Oliveira, são os técnicos da Aprosoja/MS, responsáveis pela classificação de grãos, nas regiões Oeste e Sul, respectivamente.

FONTE: DATAGRO.


Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *