Café: Pesquisas e uso sustentável da água

Compartilhar

Em fazendas experimentais, laboratórios e nas próprias propriedades são feitas pesquisas para encontrar uma forma de manter a agricultura sustentável, mesmo diante das adversidades climáticas. Os especialistas têm a missão de desenvolver tecnologias que ajudem o homem do campo a ter produtividade, plantas mais resistentes à seca e qualidade. E o agricultor tem a tarefa de colocar isso em prática, além de facilitar que essas tecnologias entrem em suas propriedades. Muitos ainda, com seu espírito empreendedor, transformam as próprias propriedades em uma área de teste e experimentações.

A tecnologia tem sido uma aliada há anos e possibilitou, por exemplo, que o Espírito Santo se tornasse uma referência na cafeicultura. Antes, o café do estado era considerado inferior. Hoje, a cafeicultura daqui é destaque no Brasil e no exterior. Aymbiré Fonseca, pesquisador do Incaper, explica que antigamente não se prezava, principalmente, pelos cuidados de colheita, pós-colheita e armazenamento do grão. Atualmente, isso é diferente, e a própria pesquisa estimula essa evolução. O Incaper, que está completando 60 anos, é um grande ator nessa área. Além do trabalho de extensão rural desenvolvido, dando apoio aos produtores, tornou-se referência na área de pesquisa.

 

Fonte: G1-ES

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *