Moagem de cana deve superar 600 milhões de toneladas

Compartilhar

De acordo com a União das Indústrias de Cana-de-Açúcar (UNICA), a região Centro-Sul processou 596,00 milhões de toneladas de cana, até dia 16 de janeiro deste ano, data do último relatório divulgado.

Conforme previsto, a safra 2015/2016 foi mais alcooleira, com alta de 4,9% na produção de etanol total, contabilizando 27,26 bilhões de litros.

O incremento foi puxado pelo etanol hidratado, que passou de 15,12 bilhões de litros em 2014/2015 para os atuais 16,74 bilhões de litros, alta de 10,7%.

A produção de açúcar recuou 4,3%, atingindo 30,59 milhões de toneladas em 2015/2016. No ciclo anterior foram 31,96 milhões de toneladas.

As primeiras projeções do mercado estimam moagem recorde na safra 2016/2017, podendo ultrapassar 600 milhões de toneladas.

A previsão é de que a produção de açúcar tenha incremento, visto os preços mais remuneradores no mercado internacional. Esse cenário deve ser sustentado pela desvalorização da moeda brasileira frente ao dólar e a menor produção mundial do produto.

De qualquer forma, o endividamento do setor, a dificuldade de acesso ao crédito, as condições climáticas e o cenário político-econômico brasileiro devem manter o mercado em alerta esse ano.

Fonte: Scot Consultoria.


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: