Fertilizantes organomineral será produzido em GO

Compartilhar

Empresa nacional de biotecnologia, vai construir neste ano uma fábrica de fertilizante organomineral (composto a partir do tratamento de resíduos orgânicos associado a nutrientes minerais), em Goianésia (GO). Protocolo de intenções nesse sentido será assinado na terça-feira, 07, entre representantes da empresa e do governo de Goiás.

 

O empreendimento é uma parceria com o Grupo Otavio Lage, proprietário das Usinas Jalles Machado e Otavio Lage, e demandará R$ 41 milhões em investimentos. O Grupo Otavio Lage irá fornecer cerca de 80 mil toneladas de resíduos, subprodutos do processamento de cana. Em contrapartida, o grupo comprará fertilizante Geofert.

A instalação da fábrica começará ainda neste mês e a produção do fertilizante organomineral será iniciada no primeiro trimestre de 2014. A unidade terá capacidade produtiva de 50 mil toneladas de fertilizantes/ano. A Geociclo planeja firmar parcerias com outras usinas da região, para receber mais resíduos e dobrar a capacidade de produção da fábrica.

Esta será a segunda planta industrial da Geociclo no Brasil. A primeira, que acaba de iniciar suas atividades, está localizada em Uberlândia (MG) e sua produção tem atendido, prioritariamente, os agricultores e produtores do Triângulo Mineiro. A empresa também já negocia sua terceira unidade industrial no Estado de São Paulo para atender o mercado da Região Centro-Sul.

A cerimônia de assinatura está marcada para as 14 horas, na sede do governo de Goiás e terá a presença do governador Marconi Perillo; de secretários estaduais; do empresário e presidente do Conselho de Administração da Geociclo, Olavo Monteiro de Carvalho, e do presidente da empresa, Ernani Judice.

 

Fonte: Globo Rural


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *