Facebook anuncia robô de inteligência artificial

Compartilhar

O Facebook divulgou nesta terça-feira, em São Francisco, na Califórnia, algumas novidades em sua maior conferência do ano, conhecida como F8 – feita especialmente para desenvolvedores. O CEO Mark Zuckerberg começou a apresentação do evento anual atacando, indiretamente, o presidenciável Donald Trump, e anunciou a chegada da inteligência artificial ao aplicativo de mensagens Messenger, o que já havia insinuado em sua resolução de ano novo.

O app contará, em breve, com os chamados “bots”, robôs e assistentes virtuais, que ajudarão na interatividade e conexão dos usuários com empresas e serviços, sem a necessidade de contato direto com uma pessoa. A ideia, ainda em fase de testes, é, basicamente, usar os “bots” do Messenger como substitutos e mediadores dos serviços da internet.

Por exemplo, uma reserva em um restaurante poderá ser feita pelo próprio robô a partir de um pedido via mensagem ou voz. Caso o usuário procure por um produto, basta pedir ao assistente virtual do Messenger e o aplicativo dará sugestões e até permitirá a compra direto do aplicativo – o usuário pode também utilizar este recurso para pedir comida, comprar ingressos para o cinema e até pedir táxis, de acordo com a rede social.

Outras novidades – Durante a F8, Zuckerberg anunciou também que o Live, função de transmissão de vídeos ao vivo, poderá ser usado em qualquer dispositivo, seja nos smartphones, onde já era permitido, ou em um drone com conexão à rede social. Uma câmera especial foi feita, em parceria com o Facebook, para estrear o Live em outra plataforma: a Mevo aumenta os recursos de transmissão em tempo real, parecido com a produção de programas de televisão. Com amplitude de 150 graus de visão panorâmica, o usuário consegue controlar ângulos e dar closes, entre outros rcursos.

O Facebook também falou sobre o que deve ser esperado nos próximos dez anos, como as áreas da inteligência artificial, realidade virtual e maior conectividade entre os usuários de internet no mundo. Confira o gráfico de projeção do Facebok para a próxima década:

Fonte: Veja.com

 

 


Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *