Cai o preço da soja na bolsa de Chicago

Compartilhar

Relatório do USDA derruba os preços da soja na bolsa de Chicago.

Quedas variaram de 13 até 24 pontos, segundo consultoria.

USDA reiterou safra recorde nos EUA e grande estoque.

 

O relatório mensal de safras e de oferta e demanda do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), divulgado nesta terça-feira (12), derrubou as cotações da soja no pregão do dia no mercado futuro da bolsa de Chicago.

 

As quedas variaram de 13 pontos, para as posições mais distantes, como a de janeiro de 2015, até 24 pontos, nos contratos com vencimento mais próximo, como os de agosto, que foram negociados a US$ 12,90 o bushel, conforme o boletim Sojanews, da consultoria Agrinvestor Intelligence.

 

 Segundo a consultoria, o relatório provocou queda nas cotações, em razão do USDA confirmar a estimativa de uma produção recorde de soja nos Estados Unidos na próxima safra, em torno dos 103,9 milhões de toneladas, contra 89,5 milhões da anterior.

 

Além disso, o documento também elevou a previsão de estoques finais da safra nova de 415 milhões de bushels para 430 milhões de bushels (11,7 milhões de toneladas), um volume bem acima dos 140 milhões de bushels (3,8 milhões de toneladas) do ciclo atual.

 

O USDA também manteve a projeção de uma produção mundial na temporada 2014/2015 de aproximadamente 305 milhões de toneladas, contra os 284 milhões de toneladas do ciclo atual, e ainda estimou uma leve alta nos estoques finais para quase 86 milhões de toneladas em relação a julho, contra os 67 milhões de toneladas na atual safra.

 

Fonte: Agrodebate.


Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *