Cotações firmes dos animais de reposição

Compartilhar

As chuvas voltando a alguns estados, mesmo não sendo suficiente para mudar muito o cenário de seca que se arrastou nos últimos meses, tem dado mais firmeza ao mercado de reposição.

O volume de negociações, por ora, ainda está baixo. Isso porque as pastagens seguem com capacidade de suporte limitada.

Contudo, conforme o volume de chuvas vai ganhando força, a recuperação das pastagens começa a ganhar ritmo, fator que deve aumentar a procura por negócios de reposição.

A pouca disponibilidade de animais na maior parte dos estados analisados é um fator que explica a firmeza do mercado de reposição, mesmo diante da liquidez ainda tímida.

Vale ressaltar que entramos no último trimestre do ano, quando, sazonalmente, o consumo de carne é maior e as expectativas são de aquecimento nas cotações do boi gordo.

Fonte: Scot Consultoria. Por: Thayná Drugowick.


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: