cafés especiais

Brasil se destaca na exportação de cafés especiais

Compartilhar

As exportações de cafés especiais geram ao país cerca de US$ 3 bilhões por ano.

Veja também: Faesp defende melhores condições para produção de alimentos

Projeto Brazil. The Coffee Nation, da ApexBrasil com BSCA, promove internacionalmente a produção de cerca de 250 produtores, entre indústrias e cooperativas; embarques já somam US$ 1,19 bilhão nos primeiros meses de 2022.

Tomar café é um hábito em culturas de todo o mundo. É como um ritual em torno do qual as pessoas organizam suas rotinas e o bebem ainda como forma de socialização — o clássico convite para um café, para encontro informal e descontraído. Seus apreciadores são cada vez mais criteriosos, crescendo assim o segmento de cafés especiais, que têm grãos 100% do tipo arábica ou robusta e passam por rígidas avaliações. O Brasil, maior produtor do café tradicional, é peça-chave no mercado internacional: as exportações de cafés especiais geram ao país cerca de US$ 3 bilhões por ano.   

Para fortalecer a presença internacional da produção brasileira, que destina 85% para exportações, é realizada uma série de ações comerciais e de posicionamento de marca através do Programa Setorial Brazil. The Coffee Nation, com cerca de 250 indústrias e cooperativas, desenvolvido pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) e a Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA). 

“A parceria é de extrema importância principalmente em função dos estudos de mercado e diagnósticos de Inteligência da ApexBrasil, que nos permitem ter segurança sobre oportunidades e riscos de mercado. Os resultados são muito positivos. Em 2020, a receita em exportações das 247 empresas que participam do projeto setorial foi de US$ 1,8 bilhão. Em 2021, saltamos para US$ 2,9 bilhões. Para esse ano, a previsão é ainda melhor, porque até março as exportações somaram US$ 1,2 bilhão e os eventos internacionais estão sendo retomados”, destaca o diretor da BSCA, Vinícius Estrela. 

O convênio entre as duas instituições é renovado desde 2010 e, no âmbito do projeto setorial, são elaborados planos de trabalho com duração de dois anos. As ações executadas incluem campeonatos nacionais para avaliar a qualidade da cadeia produtiva e garantir padrões de qualidade dos cafés especiais brasileiros, como a Nacional do Cup of Excellence – Brazil, e estandes brasileiros em feiras internacionais, como na Specialty Coffee Expo 2022, em Boston, nos Estados Unidos. 

Na feira, cerca de 27 empreendimentos do Projeto Setorial participaram e a ação rendeu US$ 18,5 milhões em negócios presencialmente. Nos próximos 12 meses, se confirmadas as expectativas, devem ser gerados mais US$ 147,608 milhões.

“O tradicional café brasileiro já é reconhecido no exterior. Somos o maior produtor e exportador do mundo e um dos principais exportadores. Os cafés especiais agregam valor às nossas exportações e nossas ações, com a BSCA, têm sido bem sucedidas, visto que as exportações do segmento são crescentes. Isso se deve à qualidade que temos. Os cafés especiais brasileiros, mais do que sabor, contêm história, sustentabilidade e certificações diversas que reafirmam isso”, explica a analista da gerência de Agronegócios da ApexBrasil, Rafaella Paulinelli. 

O Brazil, The Coffee Nation promove a exportação de café verde e de café torrado. Os destinos trabalhados, conforme Rafaella, variam de acordo com o tipo. Para o verde, as ações estão segmentadas para 11 mercados, como Austrália, Estados Unidos, Emirados Árabes Unidos, Japão e China. Já para o café especial torrado, os focos são Estados Unidos, Chile e China. 

Garantia de Qualidade 

As certificações e a garantia de rastreabilidade e responsabilidade ambiental e social é cada vez mais uma exigência dos consumidores. O diretor financeiro da Cooperativa dos Produtores de Café especial de Boa Esperança, João Paulo Pinheiro, observa isso na prática, com a dinâmica de vendas da própria cooperativa. 

“A cooperativa foi fundada em 2009 e contava com 48 produtores. Hoje, somos 230. Todo nosso sucesso baseia-se principalmente nos critérios de qualidade e certificações que temos. Todos contamos com a certificação Fair Trade e, desde 2015 já temos parte da produção com certificado de produção orgânica. Isso faz toda diferença na busca dos compradores internacionais. Exportamos entre 70 e 80% do que produzimos para EUA, Canadá, Alemanha e outros países da Europa, e a expectativa é de chegar a mais mercados”, diz Pinheiro. 

A certificação Fair Trade mencionada diz respeito à garantia de comércio justo, isto é, de que a produção contribui para o desenvolvimento sustentável e proporciona melhores condições de troca e a garantia dos direitos para produtores e trabalhadores marginalizados. Justamente pela importância dos certificados para venda internacional, a BSCA desenvolve ainda outros, como: o Boas Práticas, para membros com até 200 hectares que não possuem uma certificação socioambiental, mas que se enquadram nas exigências da BSCA; o  Fazenda Certificada, para membros com certificação de sustentabilidade ou socioambiental e o qualidade no Blend, que é a certificação de qualidade do café para atender à demanda de blends (mesclas) de café de exportadoras, cooperativas e indústrias.

Promoção da Cadeia Produtiva

Não é só no escopo do Brazil. The Coffee Nation que ApexBrasil e BSCA promovem os cafés especiais. Dado o sucesso da parceria, o a Gerência de Agronegócios da ApexBrasil a amplia cada vez mais para ações integradas a eventos de diferentes segmentos que a agência organiza no exterior. 

“Trabalhamos com a promoção de toda a cadeia produtiva. Isto é, não só para vender o produto lá fora, mas para dar visibilidade a nossos profissionais e ao modo de elaboração brasileiro. O que mais diferencia os cafés especiais do tradicional é a experiência, então, é fundamental trabalhar a qualidade do produto com a experiência que proporciona agregado ao posicionamento da brasilidade, da marca do Brasil”, diz Estrela. 

Exemplo disso, foi o Bar Experience, dentro da exposição Casa Brasil Nova York, ação para o setor de móveis e decoração. A proposta da ApexBrasil foi a de organizar um espaço com a gastronomia brasileira e a degustação de diferentes produtos que são relevantes para a agenda exportadora do agronegócio. Com apoio da BSCA, entres os produtos exibidos estiveram os cafés especiais, para promover, sobretudo, a experiência do consumidor.

FONTE: DATAGRO. Imagem principal: Depositphotos.

*Se o artigo ou imagem foi publicado com base no conteúdo de outro site, e se houver algum problema em relação ao conteúdo ou imagem, direitos autorais por exemplo, por favor, deixe um comentário abaixo do artigo. Tentaremos resolver o mais rápido possível para proteger os direitos do autor. Muito obrigado!

*Queremos apenas que os leitores acessem informações de forma mais rápida e fácil com outros conteúdos multilíngues, em vez de informações disponíveis apenas em um determinado idioma.

*Sempre respeitamos os direitos autorais do conteúdo do autor e sempre incluímos o link original do artigo fonte. Caso o autor discorde, basta deixar o relato abaixo do artigo, o artigo e a imagem será editado ou apagado a pedido do autor. Muito obrigado! Atenciosamente!

*If the article or image was published based on content from another site, and if there are any issues regarding the content or image, the copyright for example, please leave a comment below the article. We will try to resolve it as soon as possible to protect the copyright. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content and image of the author and always include the original link of the source article. If the author disagrees, just leave the report below the article, the article and the image will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: