maçã fresca

Guerra traz riscos às exportações catarinenses de maçã fresca

Compartilhar

Russos são responsáveis por 24,5% das receitas geradas pelos embarques da maçã fresca de Santa Catarina.

Veja também: Desenvolvimento de maçã gala 100% vermelha

Caso o conflito entre Rússia e Ucrânia se estenda, a cadeia produtiva da maçã pode ser a mais diretamente impactada no agronegócio catarinense, avalia Rogério Goulart Junior, analista de socioeconomia da Epagri/Cepa. Isso porque os russos são responsáveis por 24,5% das receitas geradas pela exportação de maçã fresca de Santa Catarina. Ele relata ainda preocupação com os preços dos insumos de forma geral, que podem ser impactados tanto pela queda de oferta quanto pelo aumento do dólar.

Segundo Rogério, “no mercado internacional, o sistema financeiro projeta aumento da inflação nos países, resultante do aumento nos preços dos produtos agrícolas e redução na oferta do petróleo russo e fornecimento de gás natural para a Europa”. Ele chama atenção ainda para a tendência de elevação na taxa de juros internacionais. “No fluxo de comércio mundial, os preços de fretes, contratos e oferta de containers são afetados com a menor disponibilidade e custos mais elevados para a exportação e importação de produtos”, reflete o analista.

“No Brasil, os efeitos econômicos do conflito já começam a ser sentidos pelo aumento dos preços do petróleo, dos insumos agrícolas e dos valores das principais commodities agrícolas, o que impacta na elevação do preço da cesta básica e no custo de vida da população”, descreve o profissional da Epagri/Cepa. Ele informa ainda que a valorização esperada do dólar deve desvalorizar o real, pressionando ainda mais o Banco Central brasileiro a elevar a taxa básica de juros, o que traz efeitos negativos ao crescimento econômico.

FONTE: DATAGRO. Imagem principal: Depositphotos.

*Se o artigo ou imagem foi publicado com base no conteúdo de outro site, e se houver algum problema em relação ao conteúdo ou imagem, direitos autorais por exemplo, por favor, deixe um comentário abaixo do artigo. Tentaremos resolver o mais rápido possível para proteger os direitos do autor. Muito obrigado!

*Queremos apenas que os leitores acessem informações de forma mais rápida e fácil com outros conteúdos multilíngues, em vez de informações disponíveis apenas em um determinado idioma.

*Sempre respeitamos os direitos autorais do conteúdo do autor e sempre incluímos o link original do artigo fonte. Caso o autor discorde, basta deixar o relato abaixo do artigo, o artigo e a imagem será editado ou apagado a pedido do autor. Muito obrigado! Atenciosamente!

*If the article or image was published based on content from another site, and if there are any issues regarding the content or image, the copyright for example, please leave a comment below the article. We will try to resolve it as soon as possible to protect the copyright. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content and image of the author and always include the original link of the source article. If the author disagrees, just leave the report below the article, the article and the image will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: