Embarques de soja ganham ritmo no Brasil

Embarques de soja ganham ritmo no Brasil

Compartilhar

Embarques de soja ganham ritmo no Brasil, motivados pela demanda global.

Agron Home

Veja também: Preços elevados impactam competitividade do milho brasileiro

Embarques de soja ganham ritmo no Brasil

Oleaginosa dribla clima desfavorável com rendimento recorde e exportações aquecidas – estimadas em 85 mi ton pela StoneX.

Os embarques da soja brasileira estão extremamente aquecidos, passado o ritmo inicial mais lento por conta dos atrasos na colheita. A StoneX revisou as exportações para 85 milhões de toneladas, frente ao número anterior de 82 milhões. “As perspectivas são de uma demanda mundial muito favorável, destacando que a China continua importando muita soja. Ademais, mesmo com a queda recente do dólar, a oleaginosa brasileira se mantém competitiva”, explica a especialista de inteligência de mercado, Ana Luiza Lodi.

Segundo a revisão de maio do grupo, a produção da safra de soja 2020/21 deve atingir 135,7 milhões de toneladas, incremento de 1,3% em relação ao número anterior.

O avanço da produção foi resultado da revisão de números de regiões que têm um ciclo produtivo um pouco mais tardio e foram beneficiadas pelos volumes maiores de chuvas a partir de janeiro. Destaque para Bahia, Maranhão, Tocantins, Pará e também para Minas Gerais, estado onde houve, ainda, um ajuste em área, numa safra incentivada por preços elevados e estoques muito apertados.

“Esse resultado absolutamente recorde poderia ter sido ainda maior, não fosse o clima aquém do usual e do desejado nos primeiros meses do ciclo”, explica Ana Luiza. Estados de enorme relevância, como Mato Grosso e Paraná, tiveram perda de potencial produtivo, com a produção terminando abaixo do registrado na safra 2019/20, mesmo com uma área maior.

Sobre a StoneX

A StoneX é uma empresa global de serviços financeiros customizados fundada em 1924 nos Estados Unidos e presente nos cinco continentes e nas principais praças agrícolas brasileiras. A StoneX é especialista em desenhar estratégias de Hedge – proteção contra a oscilação de preços para garantir que a rentabilidade projetada através do negócio de nossos clientes não fique comprometida pela constante movimentação do mercado.

No Brasil desde 2005, estamos localizados em 14 escritórios: Campinas (SP), São Paulo (SP), Passo Fundo (RS), Maringá (PR), Sorriso (MT), Goiânia (GO), Recife (PE), Patrocínio (MG), Campo Grande (MS), Primavera do Leste (MT), Rio Verde (GO), Luís Eduardo Magalhães (BA), Campo Novo do Parecis (MT) e Varginha (MG).

Fonte: Assessoria de imprensa StoneX.


Compartilhar

One thought on “Embarques de soja ganham ritmo no Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *