preservação ambiental

Monetização da preservação ambiental realizada pelo produtor

Compartilhar

Créditos de carbono podem ser instrumento de monetização da preservação ambiental realizada pelo produtor.

Veja também: Propriedades com gado orgânico e sustentável tem aumento

Preservação ambiental:

Avaliação é do vice-presidente da CNA e presidente da Comissão Nacional de Meio Ambiente da entidade, Muni Lourenço.

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) participa, de hoje (18) a sexta (20), do Congresso Mercado Global de Carbono – Descarbonização & Investimentos Verdes, que acontece no Rio de Janeiro.

O evento, promovido pelo Banco do Brasil e pela Petrobras, conta com o apoio institucional do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e do Banco Central do Brasil. O objetivo é debater o mercado de crédito de carbono e apresentar estratégias corporativas e projetos para impulsionar negócios verdes, com foco em inovação e sustentabilidade.

O encontro também pretende conectar lideranças de diferentes segmentos e públicos brasileiros em torno do tema “mercado de crédito de carbono brasileiro e global”, de acordo com os resultados apresentados na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP-26).

Ao todo, serão realizados 24 painéis nos três dias de evento, com mais de 100 palestrantes. Entre os assuntos estão agroindústria e meio ambiente, agricultura e serviços ambientais, fertilizantes e agenda verde, a importância das cooperativas para o agro sustentável, perspectivas para a bioenergia no Brasil, crédito de carbono de floresta nativa e crédito de metano no Brasil.

Segundo o vice-presidente da CNA e presidente da Comissão Nacional de Meio Ambiente da entidade, Muni Lourenço, a Confederação – como representante dos produtores rurais brasileiros – vem participando ativamente dos principais fóruns nacionais e internacionais que debatem a questão ambiental.

“Consideramos fundamental, no pós-COP-26, a presença da CNA neste congresso, principalmente porque aqui estão sendo discutidas estratégias para concretização dos créditos de carbono em nosso País. Esperamos que isso possa ser um instrumento de monetização da preservação ambiental realizada pelo produtor rural”, afirmou Lourenço.

Também representam a entidade no evento o coordenador de Sustentabilidade da CNA, Nelson Ananias, e o consultor jurídico e ambiental da CNA, Rodrigo Justus.

FONTE: DATAGRO. Imagem principal: Depositphotos.

*Se o artigo ou imagem foi publicado com base no conteúdo de outro site, e se houver algum problema em relação ao conteúdo ou imagem, direitos autorais por exemplo, por favor, deixe um comentário abaixo do artigo. Tentaremos resolver o mais rápido possível para proteger os direitos do autor. Muito obrigado!

*Queremos apenas que os leitores acessem informações de forma mais rápida e fácil com outros conteúdos multilíngues, em vez de informações disponíveis apenas em um determinado idioma.

*Sempre respeitamos os direitos autorais do conteúdo do autor e sempre incluímos o link original do artigo fonte. Caso o autor discorde, basta deixar o relato abaixo do artigo, o artigo e a imagem será editado ou apagado a pedido do autor. Muito obrigado! Atenciosamente!

*If the article or image was published based on content from another site, and if there are any issues regarding the content or image, the copyright for example, please leave a comment below the article. We will try to resolve it as soon as possible to protect the copyright. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content and image of the author and always include the original link of the source article. If the author disagrees, just leave the report below the article, the article and the image will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!


Compartilhar

2 thoughts on “Monetização da preservação ambiental realizada pelo produtor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: