Rúmina lança projeto de franquia e se torna a primeira empresa de tecnologia do agro a investir neste modelo de negócios

Compartilhar

Projeto tem como objetivo vencer um dos maiores desafios das empresas do agro no Brasil: acessar todo o mercado brasileiro

Para ampliar a presença nas diferentes regiões do Brasil, a Rúmina anuncia o lançamento do seu projeto de franquias. Com o investimento, a empresa deve dobrar o número de clientes até dezembro de 2024, montante que pode quadruplicar em 2025. O projeto, inédito no Brasil, torna a Rúmina a primeira empresa de tecnologia do agro a investir no modelo de franquias no País.

“O projeto surgiu para nos ajudar a lidar com um grande desafio das empresas de insumos para a pecuária: o acesso ao gigantesco mercado brasileiro. Pois não adianta criarmos tecnologia, produtos e softwares, que contribuem para a viabilidade econômica da propriedade, por meio da melhoria da rentabilidade do produtor, da gestão e da saúde animal, se todas estas soluções não chegarem até o produtor”, argumenta o diretor Comercial da Rúmina, Gabriel Toledo.

Ainda, segundo Toledo, outro desafio enfrentado hoje no País é garantir o suporte a estes diferentes produtores, pois a pecuária no Brasil é feita de diferentes formas de acordo com cada região e necessidade do pecuarista. “Além de entregar a solução, é parte do nosso trabalho dar o suporte para que o cliente use da melhor forma e extraia o maior valor possível das ferramentas”.

O modelo de franquias projetado pela Rúmina surge após extensa pesquisa em campo para descobrir como ampliar o acesso da empresa a diferentes mercados, oferecendo ao produtor vantagens e benefícios das ferramentas tecnológicas, com a mesma assistência técnica oferecida hoje pela empresa. Neste novo cenário, a Rúmina transfere todo o seu know-how e produtos ao franqueado, que terá a responsabilidade de levar este portfólio de soluções até o cliente.

Atualmente a empresa conta com dez franqueados distribuídos pelos estados de Pernambuco, Alagoas, Goiás, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul. “Esse modelo de negócio vai nos permitir ampliar a nossa atuação em todo o país, inclusive, chegando a cidades mais interioranas. Já contamos com esse primeiro grupo de 10 pioneiros que acreditaram na nossa proposta e que serão nossos grandes parceiros nessa iniciativa inédita no Brasil”, complementa.


Toledo explica que, com a instalação das franquias, também é criada uma força de trabalho local, com pessoas que compreendem as necessidades reais das regiões mais distantes, e que serão capacitadas para oferecer assistência e suporte aos produtores.

“Além disso, encontramos pessoas incríveis nesse interior. Excelentes profissionais que não querem apenas ser funcionários de uma empresa, mas, sim, terem seu próprio negócio e empreenderem a partir de uma visão mais moderna e tecnológica, que é promovida pela Rúmina”, frisa Toledo.

Franquia: um modelo moderno e vantajoso

“O primeiro passo é desmistificar o conceito de franquia, pois muitas vezes a palavra nos remete a uma loja física, embora uma franquia nem sempre seja uma loja. No caso da Franquia Rúmina, não se trata de um ponto comercial, mas sim de uma franquia de serviços que ocorre no campo. O modelo de franquia é baseado na transferência de conhecimento da franqueadora para o franqueado, conhecimento que é impulsionado por processos bem definidos e ferramentas de suporte, além de um sólido programa de capacitação e treinamento. Tudo isso visa assegurar a entrega de produtos e serviços de alta qualidade ao cliente. A Rúmina Franquia é um negócio baseado na expertise da Rúmina, que abrange crédito, controle de mastite, gestão da fazenda, soluções em educação e inteligência de dados e monitoramento do tanque de leite, com aprofundado conhecimento sobre o problema e quais produtos são indicados para solucioná-los”, explica o diretor.

Com uma legislação simples, moderna e clara, a franquia permite que ambos os lados tenham segurança na hora de fechar o negócio. Ela também viabiliza que se faça uma transferência de informações e técnicas entre as empresas de forma segura, garantindo a qualidade que a Rúmina mantém em todos os seus processos.

Essa transferência é pautada em todas as tarefas, softwares e operações, promovendo a capacitação do time de franqueados nas operações e na gestão de uma empresa, em qualquer estado do Brasil.

Infinitas possibilidades

Além dos franqueados, a Rúmina planeja ampliar seu portfólio com a inclusão de fornecedores parceiros. Estes serão empresas cujas soluções não precisam estar correlacionadas com os produtos da Rúmina, mas atendam ao mesmo público.

“Os desafios que enfrentamos na pecuária não são exclusivos nossos, inúmeras empresas têm as mesmas dificuldades. Atualmente estamos conversando com alguns possíveis fornecedores e já caminhamos para a solidificação desse projeto, que é incluir o portfólio de pecuária do fornecedor homologado para dentro da franquia, ampliando ainda mais a gama de soluções para o franqueado, que terá uma melhor remuneração”, adianta o diretor Comercial da Rúmina, Gabriel Toledo.

Sobre a Rúmina

A Rúmina é uma empresa de soluções inovadoras para a pecuária no Brasil e América Latina, com foco em apoiar os produtores de hoje a se tornarem os produtores do futuro: mais produtivos e sustentáveis. Por meio de tecnologia, transforma dados das fazendas em uma experiência digital inteligente, que apoia o produtor e empodera a cadeia a tomar decisões mais seguras dentro do negócio.

Engloba as marcas Ideagri, líder em sistema de suporte à tomada de decisão para pecuária de leite; OnFarm, solução digital que ajuda na saúde do úbere; RúmiCorte, solução de tomada de decisão para pecuária de corte; RúmiCash, fintech voltada à cadeia do leite; RúmiEduca, programa de educação contínua; Rúmina Insights, plataforma de inteligência de dados; RúmiTank, tecnologia com base em sensores para monitoramento em tempo real do funcionamento do tanque de leite e o RúmiScore, o maior benchmarking de produtividade e sustentabilidade da pecuária de leite do Brasil.

Mais informações: www.rumina.com.br


Compartilhar

🚀 Quer ficar por dentro do agronegócio brasileiro e receber as principais notícias do setor em primeira mão? ✅ 👉🏽 Para isso é só entrar em nosso grupo do WhatsApp ( clique aqui ), ( clique aqui ) ou Telegram Portal Agron ( clique aqui ), Telegram Pecuária ( clique aqui ) , Telegram Agricultura ( clique aqui ) e no nosso Twitter ( clique aqui ) . 🚜 🌱 Você também pode assinar nosso feed pelo Google Notícias ( clique aqui )

  • Se o artigo ou imagem foi publicado com base no conteúdo de outro site, e se houver algum problema em relação ao conteúdo ou imagem, direitos autorais por exemplo, por favor, deixe um comentário abaixo do artigo. Tentaremos resolver o mais rápido possível para proteger os direitos do autor. Muito obrigado!
  • Queremos apenas que os leitores acessem informações de forma mais rápida e fácil com outros conteúdos multilíngues, em vez de informações disponíveis apenas em um determinado idioma.
  • Sempre respeitamos os direitos autorais do conteúdo do autor e sempre incluímos o link original do artigo fonte. Caso o autor discorde, basta deixar o relato abaixo do artigo, o artigo e a imagem será editado ou apagado a pedido do autor. Muito obrigado! Atenciosamente!
  • If the article or image was published based on content from another site, and if there are any issues regarding the content or image, the copyright for example, please leave a comment below the article. We will try to resolve it as soon as possible to protect the copyright. Thank you very much!
  • We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.
  • We always respect the copyright of the content and image of the author and always include the original link of the source article. If the author disagrees, just leave the report below the article, the article and the image will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
error: Conteúdo protegido!
%d