Mentoria ajuda no desenvolvimento de ideias inovadoras, indicam especialistas em debate do Hackatagro

Compartilhar

Ter ideias criativas é essencial, mas prepará-la corretamente para apresentação ao mercado pode torná-la realmente uma solução inovadora e de sucesso. Por isso, o Hackatagro – movimento que valoriza a digitalização do agronegócio brasileiro – aposta na participação de mentores para auxiliar os participantes de seus hackathons. Nas três maratonas do ano passado, 75 profissionais desempenharam esse papel, contribuindo para aprimorar as propostas dos jovens, empreendedores e startups. Neste ano, a mentoria será ainda mais intensa. O trabalho dos especialistas-mentores foi tema de debate promovido pelo movimento com convidados e disponível no Youtube: https://youtu.be/1uK-L6DxGe4.

O coordenador de mentores do Hackatagro, Denis Pizzato, explica que “os mentores são profissionais multidisciplinares que enriquecem as discussões dos participantes com conhecimento e experiências profundas sobre o setor-alvo, acrescentando informações valiosas para quem, eventualmente, não está envolvido na área ou precisa daquele ajuste final”. A participação de um mentor aprimora as soluções que serão apresentadas. Por isso, são tão importantes nas maratonas e estão disponíveis para todos os inscritos.

O debate faz parte da iniciativa “Hackatagro Mentoring”, comunidade que reúne mentores especializados em agronegócio, tecnologia, negócios e finanças. “Nosso objetivo é promover negócios e conexões relevantes, apoiados em pessoas, soluções e tecnologias”, comenta Pizzato. Durante a transmissão, os convidados dividiram experiências, insigthts e desafios que os mentores enfrentaram ao longo de suas carreiras.

Na live, Barbara Fritzen, gestora de inovação e tecnologia no programa Inova RS, destacou que o grande desafio do mentor é fazer com que os grupos questionem e analisem suas próprias ideias. “O objetivo do mentor é apoiar e indicar o melhor caminho. Por mais que o autor espere uma resposta pronta, o mentor deve fazer boas perguntas.”

Compartilhando da mesma opinião, Anderson Diehl, da Angel Investor Club, pontuou que o mentor tem o papel de conduzir e orientar. “Eu ajudo muito com as conexões. Minha network com heads de inovação de empresas é expressiva. Então, além de trazer o questionamento, eu falo: ‘conversa com esse cara aqui’. Tem mentorias mais fáceis e tem mentorias mais difíceis. Mas é importante ter aceitação pelo empreendedor. Quando ele não está disposto a ouvir, a mentoria acaba se tornando uma briga de espadas e perde a efetividade”, comentou.

Desafio Banrisul

Entre os dias 3 e 5 de junho, o Hackatagro, realiza em parceria com o Banrisul, maratona de ideias com o objetivo de buscar soluções tecnológicas para promover o manejo sustentável do solo e possibilitar maiores ganhos e diferenciais para os produtores rurais. As inscrições estão abertas até as 23h59 de 1º de junho, no site  www.hackatagro.com/desafio-banrisul-2022.

Os preparativos para o hackathon estão acelerados. Durante o evento virtual, a diretora de inovação da GROW+, Andréia Dullius, revelou que as equipes participantes terão à disposição uma plataforma imersiva com acesso a biblioteca, “sala de mentores” e estande da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), além de espaço exclusivo do Banrisul, que servirá para agendar reuniões, acessar vídeos e demais materiais de apoio. O objetivo é proporcionar um ambiente mais interativo entre os participantes.

Hackatagro teve mais de 700 inscritos em 2021

Mais de 700 empreendedores e 46 startups participaram dos três desafios promovidos pelo Hackatagro no ano passado. Foram cerca de 75 mentores auxiliando na preparação e debates. Os hackathons do ano passado contaram com patrocínio do próprio Banrisul, além da Claro e da Yara. Em 2022, o projeto chega ao seu quarto ano de existência, com o objetivo de superar os números alcançados em 2021.

“O movimento Hackatagro tem o objetivo de motivar estudantes, empreendedores, startups e, porque não, a sociedade como um todo a pensar em soluções para a digitalização do agronegócio brasileiro. É motivo de orgulho saber que estamos cumprindo nosso objetivo e motivador começar esta edição em parceria com o Banrisul, que nos acompanha desde o início desta jornada”, afirma Alberto Meneghetti, CEO da Neodigital, empresa realizadora do HackatAgro.


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: