IHARA leva experiência tecnológica com Castelo Samurai na Tecnoshow Comigo

Compartilhar

Empresa apresenta soluções inovadoras, pautadas na tecnologia japonesa adaptadas à realidade brasileira, para contribuir na produtividade dos mais variados cultivos

A IHARA, empresa de pesquisa e desenvolvimento especializada em defensivos agrícolas marcou presença na Tecnoshow Comigo 2022, em Rio Verde (GO). Levando soluções tecnológicas para o agricultor, no estande “Castelo Samurai IHARA”, a empresa apresentou o que há de mais moderno em tecnologias de origem japonesas adaptadas à realidade do agricultor brasileiro a fim de controlar os principais desafios de produtividade nas lavouras.

De acordo com Levantamento da Safra 2021/22, realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a estimativa da produção de grãos em Goiás deverá ultrapassar a marca de 30 milhões de toneladas, alcançando novo recorde. Esse recorte reforça a importância de cuidados com a lavoura para que, a cada safra, seja possível mais desenvolvimento, mantendo a qualidade no campo.

O milho de segunda safra, cuja produção sofreu decréscimo no ciclo anterior, tem expectativa positiva para 2021/2022. Espera-se que a safrinha alcance a produção de 10,4 milhões de toneladas, um aumento considerável comparado ao ciclo passado, quando foram colhidos 6,8 milhões de toneladas (aumento de 53,6% na atual safra), conforme dados da Conab.

Tendo esse cenário em vista e estando ao lado do agricultor, a IHARA proporciona inovações que transformam a realidade no campo, suas principais tecnologias apresentadas na Tecnoshow foram para os cultivos de soja e o milho. Entre eles está o Hayate, um inseticida com uma nova tecnologia no Brasil para o combate das principais lagartas de difícil controle, que causam grandes prejuízos a produtividade nas culturas. A solução age protegendo a lavoura por mais tempo e causando paralisação imediata da alimentação dessas pragas.

Já com foco específico no milho, o destaque fica para o Sonda, herbicida seletivo com ação sistêmica que age com alta eficiência no controle das principais plantas daninhas no milharal como o amendoim-bravo, corda-de-viola, picão-preto e trapoeraba. Por conta de sua tecnologia inovadora, Sonda pode ser aplicado em doses menores e possui um amplo espectro de controle em relação aos herbicidas disponíveis no mercado. Além disso, provoca necrose nas plantas daninhas presentes na lavoura, o que garante ótimos resultados no combate de folhas largas e total seletividade a cultura do milho.

Para o Gerente de Marketing Regional da IHARA, Roberto Rodrigues, a empresa tem como foco a pesquisa e desenvolvimento de novos produtos com o objetivo de oferecer soluções eficientes para proteção de cultivos. “O Japão é o país que mais desenvolve novas tecnologias em defensivos agrícolas e a IHARA é a ponte que oferece ao mercado brasileiro o acesso à essas inovações. Estamos sempre ao lado do agricultor para dar todo o apoio com nossas soluções adaptadas à realidade das lavouras brasileiras e, que de fato, resolvem as problemáticas no campo, combatendo ao máximo pragas, doenças e plantas daninhas resistentes. É isso que mostramos na Tecnoshow Comigo”, afirma.

Além desses, outros destaques do portfólio da empresa estarão à mostra, como o Kyojin que atua no controle pré-emergente de plantas daninhas. Além de ter um manejo mais eficiente da matocompetição na soja, possui um leque mais amplo, gerando mais rentabilidade e uma lavoura mais limpa por maior tempo.


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: