Manancial em Itu (SP) será beneficiado com plantio de 650 mudas nativas

Compartilhar

O manancial do Córrego Gomes, direcionado para a Estação de Tratamento de Água (ETA) do Rancho Grande, em Itu (SP), será beneficiado com o plantio de 650 mudas nativas. A ação ambiental faz parte do apoio da Starrett ao projeto “Adote uma Nascente”, idealizado pela Prefeitura de Itu desde 2017, e realizado por meio de parcerias entre o poder público e a iniciativa privada, a partir do reflorestamento das Áreas de Proteção Permanentes (APPs) do município.

Um dos principais objetivos do projeto “Adote uma Nascente” é contribuir de forma direta com o aumento das áreas de proteção ambiental em nascentes. Mapeamentos indicam que a cidade possui apenas 12% de remanescentes de vegetação natural, segundo levantamento realizado pelo Instituto Florestal, compondo um déficit entre 80 e 90% de APPs. O reflorestamento, em especial de árvores nativas, protege a terra, as nascentes e ajuda a produzir água, que se infiltra no solo, alimentando a nascente.

Além disso, as árvores protegem o solo da erosão, evitando que a terra deslize e a nascente seja soterrada. A vegetação contribui também para manter a boa qualidade da água, funcionando como um filtro de poluentes que estejam presentes no solo.

Ação ambiental em proteção às nascentes

A experiência prática da parceria, com o plantio das mudas nativas, foi realizada no último sábado, dia 11 de dezembro, na Fazenda Santo Antônio. Participaram da ação, o Grupo de Voluntários da empresa, o presidente da Starrett Brasil, Christian Arntsen, o prefeito de Itu, Guilherme Gazzola, a secretária do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Veronica Sabatino e o gestor, Valdecir Bassani, representando a família proprietária da fazenda.

Em sua fala, o presidente da Starrett Brasil reforçou que a empresa, desde a sua instalação em Itu, apoia diversos projetos da comunidade. Atualmente, são 26 instituições ituanas apoiadas pela empresa em seus mais diversos aspectos sociais. “As ações ligadas ao meio ambiente sempre foram parte das estratégias da Starrett, especialmente no que se refere à preservação dos recursos hídricos. Desta forma, apoiar este projeto carrega uma visão comunitária ampla que não poderíamos deixar de participar”, afirma Arntsen.

Para o prefeito de Itu, a crise hídrica é uma realidade nacional, por isso a importância do plantio de árvores nativas. “O apoio da Starrett é essencial, porque não se trata apenas de uma ação de ecologia, mas sim, é um ato de cidadania”, avalia Gazzola. A opinião é reforçada pela secretária da pasta. “A ação efetiva e a compreensão da condição ambiental para a melhoria da situação hídrica são fundamentais”, opina Veronica.

Acompanhando no dia a dia a seca das nascentes a cada ano, o gestor da Fazenda Santo Antônio confessa que já tinha pensando em realizar um projeto semelhante em prol do local. “É uma alegria muito grande ver isso, de fato, ser concretizado. Temos que proteger as nossas nascentes”, pontua Bassani.

Experiência Única

Davi Ferreira Teixeira, de 11 anos, plantou sua primeira muda de árvore na ação da empresa onde sua mãe trabalha, a ajudante de produção, Andrea Juliana Ferreira. “Foi uma experiência única. É muito importante termos árvores para melhorar o nosso ar, as nossas águas. A árvore vai crescer junto comigo”, disse Davi.

Para o gestor de produtos de metrologia da Starrett, Sérgio Eduardo Cristofoletti, são estes pequenos gestos que realizam as grandes mudanças. “Antigamente, não tínhamos tanta consciência da necessidade da preservação ambiental, mas a nova geração sim. Ainda temos tempo de transformar a realidade e a Starrett sempre olhou para esse lado, engajando os funcionários ao voluntarismo em prol das questões sociais e ambientais da comunidade onde atua”, afirma Cristofoletti.   

Ações da Starrett

Os últimos anos foram marcados por uma série de práticas que a Starrett já realiza e planeja continuar com mais intensidade, especialmente, com o foco na compensação de carbono gerados pela fábrica brasileira. Além do plantio em apoio ao projeto “Adote uma Nascente”, em setembro deste ano, por exemplo, a empresa também realizou o plantio de árvores nativas na sua área interna de preservação ambiental, bem como a distribuição de mudas para seus colaboradores.

Este plantio faz parte da proposta de revitalização de suas áreas verdes com base em um estudo realizado por um engenheiro ambiental especializado em preservação do meio ambiente. A ação engloba também o projeto da Starrett que medirá as emissões de gases do efeito estufa referentes às atividades da empresa, propondo a compensação de carbono a partir do plantio de árvores.

A Starrett também mantém parceria com a Cooperativa de Materiais Recicláveis de Itu (COMAREI) desde 2014 com a contratação de serviços da cooperativa para o descarte correto de todos os seus recicláveis, além de oferecer palestras sobre Segurança do Trabalho, formação da equipe de Brigada de incêndio, entre outras ações. A COMAREI realiza três coletas por semana na empresa gerando mais de 2 mil quilos por mês de resíduos recicláveis.

Sobre a Starrett

A Starrett, uma das maiores fabricantes de serras, ferramentas e instrumentos de medição do mundo, teve início nos Estados Unidos, em 1880, quando Laroy S. Starrett inventou o esquadro combinado. No Brasil suas operações começaram em 1956. Hoje, a Starrett conta com fábricas na Carolina do Norte e Carolina do Sul, nos Estados Unidos, Escócia, China e em Itu, no Brasil. A empresa produz mais de cinco mil produtos, tais como lâminas de serras de fita para corte de metais, madeira e carne, ferramentas de precisão e instrumentos de medição. Os produtos Starrett são vendidos em mais de 100 países por meio de uma rede de distribuidores atendendo a uma variada gama de segmentos que vai desde ferramentas para a indústria automobilística, aviação, marinha, até equipamentos agrícolas, ferramentas para trabalhos manuais (faça você mesmo!) para construtores, carpinteiros, encanadores, eletricistas etc.

Mais informações, acesse: www.starrett.com.br


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: