Tecnologia garante 16% a mais de rendimento na suplementação do rebanho e maior lucratividade ao pecuarista

Compartilhar

A chegada das águas é um dos períodos de maior atenção para os pecuaristas, pois eles se deparam com o desafio de manter a suplementação adequada do rebanho, uma vez que a chuva impacta diretamente no manejo de cocho e nas perdas do suplemento em pó, causando prejuízos para a nutrição dos animais e para a propriedade.

Pensando em proporcionar uma solução que atenda às necessidades dos criadores nesta fase do ano, a Connan, uma das principais indústrias de nutrição animal do Brasil, oferece ao mercado a tecnologia Aglomerax, um suplemento, produzido a partir de um processo de alta tecnologia, que aglomera os nutrientes na mesma partícula (grânulo), protege o suplemento mineral do empedramento no cocho e reduz perdas com a passagem da água da chuva.

Essa tecnologia oferece ao produto maior resistência à ação das chuvas, o que reduz drasticamente o desperdício do suplemento, tornando o sistema produtivo mais rentável e sustentável. “Além disso, os nutrientes ficam contidos no interior das partículas, evitando o empedramento no cocho, o que prejudica o consumo pelos animais”, explica o médico-veterinário e gerente de Tecnologia e Marketing da Connan, Marcio Bonin.

Segundo Bonin, suplementos minerais comuns em pó apresentam uma maior superfície exposta ao tempo, absorvem umidade pela presença do sal comum desprotegido e empedram com facilidade. “Por ser aglomerado e mais pesado do que os outros produtos, perdas pela ação do vento também são minimizadas, além de reduzir a irritação à mucosa dos animais por inalação”.

Embrapa Gado de Corte confirma maior rendimento e palatabilidade

O alto rendimento do Aglomerax foi comprovado em três experimentos realizados pela Embrapa Gado de Corte, de Campo Grande (MS), no período das águas, que conferiram um rendimento 16% superior do Aglomerax, quando comparado aos suplementos em pó.

“Concluímos que a tecnologia, mesmo em condições de exposição à água da chuva, mantém sua palatabilidade, ajustando sua fórmula e mantendo a quantidade suficiente para suprir a necessidade do animal, fazendo com que ele ganhe peso e se reproduza com eficiência”, explica o pesquisador da Embrapa, Rodrigo da Costa.

O pesquisador, que acompanhou as três fases do experimento, destacou a manutenção da forma física do Aglomerax como grande diferencial e responsável pelos benefícios que o pecuarista tem, principalmente em relação às perdas por empedramento. “Há uma tendência de ganho de até 40 gramas adicionais no GMD (Ganho Médio Diário) com utilização do Aglomerax. Esse aumento é justificado pela maior resistência da solução ao empedramento e maior estabilidade do consumo”, pontua Bonin.

“O suplemento em pó exposto ao ambiente empedra e endurece no cocho, impondo mais dificuldade para o animal ingeri-lo. No entanto, observamos com o Aglomerax um potencial de consumo mais regular, assim como um maior rendimento, o que se traduz em economia para o produtor, que vai gastar menos para ter um melhor desempenho do seu rebanho”, explica o pesquisador.

Frente aos resultados apresentados nas duas últimas etapas de teste, a Embrapa já programou o início de novos experimentos, que visam zerar as perdas. “O Aglomerax está nos mostrando que existe um potencial para desenvolver uma técnica na qual o produtor tenha quase nenhuma perda com o suplemento. Nestas pesquisas, queremos criar um protocolo de um Aglomerax que dê protagonismo para esse resultado”, enfatiza o pesquisador.

Sobre a Connan

Com sede em Boituva (SP) e filiais em Campo Verde (MT), São Gabriel D’Oeste (MS) e, a partir de setembro de 2020, em Araguari (MG), a Connan – Geração de Resultados iniciou suas atividades em 2004 e tem como principais acionistas os engenheiros agrônomos Fernando Penteado Cardoso Filho e Eduardo Penteado Cardoso, membros da família fundadora da empresa MANAH, do famoso slogan “Com MANAH adubando dá”, criado pelo patriarca Dr. Fernando Penteado Cardoso. Os dois irmãos, e sócios, também são detentores da patente Nelore Lemgruber, desenvolvendo e expandindo a genética na Fazenda Mundo Novo, localizada em Uberaba (MG).

Com mais de 150 representantes comerciais, a Connan é a única empresa nacional a produzir o próprio fosfato bicálcico – Aglomerax, o que lhe confere grande diferencial competitivo e garantia de qualidade dos produtos.

Mais informações: http://www.connan.com.br.      


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: