Lista da Forbes posiciona presidente da Beckhauser entre as 100 mulheres mais influentes do agronegócio do país

Compartilhar

A paranaense Mariana Beckheuser está entre as profissionais que estão revolucionando o setor

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher Rural, celebrado no dia 15 de outubro, a Forbes Brasil, uma das mais conceituadas revistas de negócios e economia do mundo, publicou uma lista das “100 Mulheres Poderosas do Agro”. Dentre os nomes destacados está a presidente da Beckhauser, empresa nascida em Paranavaí e hoje sediada em Maringá, ambas no Paraná, Mariana Beckheuser.

A relação destacou profissionais mulheres que estão revolucionando o setor no país, gerando mudanças significativas no campo. Na lista, a Forbes procurou homenagear as demais mulheres que atuam no agronegócio – mesmo que o trabalho seja realizado a partir das cidades.

Nascida em Paranavaí (PR), Mariana é uma entusiasta da pecuária e do agro sustentável, e da ideia de negócios que unem resultados financeiros à geração de impacto positivo para o mundo. Há 16 anos na empresa, que leva o nome da família, Mariana liderou um processo de mudança organizacional com foco no equilíbrio entre a valorização do legado na sucessão e a inovação para o futuro.

A Revista também pontua que Mariana assumiu a liderança dos negócios em 2018, como parte de um processo de sucessão estruturado e profissional. Ela dá seguimento ao trabalho do pai, José Carlos Beckheuser, que conduziu a companhia em uma trajetória de sucesso, mas lembra que na história da Beckhauser já houve uma mulher pioneira na gestão.

“Celebramos a história iniciada pelo meu avô, Arcângelo Beckheuser, carpinteiro perfeccionista, criativo e empreendedor. E quando meus avós se separaram, foi minha avó, Erica Schmidt Back, que, contrariando todas as limitações impostas a uma mulher à época, enfrentou com coragem e força a tarefa de tocar o negócio. O legado dos valores e os aprendizados dessa história foram base para que os filhos, José Carlos e Antônio, pudessem empreender um recomeço, fundando em 1980 a atual Beckhauser, já acompanhados pelos sócios Claudete Soletti e Celso Ottersbach”.

Em sua indicação, a Forbes destacou o trabalho realizado pela empresa de equipamentos para contenção na pecuária, fundada nos anos 1970, e que foi pioneira em estudos de bem-estar animal em currais, reconhecendo que “a marca mudou o conceito de contenção de bovinos no Brasil, apostando em BEAH (Bem-Estar Animal e Humano)”.

“Me sinto muito feliz, honrada e agradecida em ser reconhecida ao lado de tantas mulheres incríveis, que têm ajudado a fazer o agronegócio brasileiro cada vez mais sustentável e verdadeiramente preocupado com o bem-estar animal e humano. Vejo muito o papel da energia feminina nessa humanização e na construção do agro do futuro, que trabalha para produzir alimentos com respeito às pessoas, aos animais e ao planeta. É esse o agro no qual acredito e pelo qual trabalhamos aqui na Beckhauser.

E esse reconhecimento é, sem dúvida, não apenas meu, mas de toda essa história construída ao longo de muitos anos de trabalho, dedicação e coragem. E de todo um time que não mede esforços para contribuir com a construção desse futuro melhor que queremos ver no agro e no mundo.”

Sobre a Beckhauser A Beckhauser desenvolve e industrializa soluções para o manejo racional de bovinos, buscando oferecer ao mercado ferramentas que ajudem no desenvolvimento de uma pecuária sustentável – que aprimorem a produtividade no manejo e a qualidade dos resultados da produção, cuidando da segurança das pessoas e do bem-estar animal. A empresa vem, há anos, ditando tendências de inovação no segmento e oferece hoje um amplo portfólio de equipamentos de contenção tradicionais e automatizados, da fazenda ao frigorífico, além de parcerias com equipamentos de controle e pesagem eletrônica. Mais informações: www.beckhauser.com.br.


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *