Folhas de erva-mate

Folhas de erva-mate como herbicida natural

Compartilhar

Pesquisa da Univates aponta que folhas de erva-mate apresentam potencial como herbicida natural.

Veja também: Programa de Intercâmbio AgroBrazil

folhas de erva-mate como herbicida natural

Uma pesquisa realizada pela Universidade do Vale do Taquari – Univates, por meio do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia (PPGBiotec), apontou que extratos aquosos de folhas de Ilex paraguariensis A.St.-Hil, conhecida como erva-mate, apresentam potencial como herbicida natural, sendo capazes de eliminar plantas de Conyza bonariensis L. Cronquist, a buva, que infestam lavouras brasileiras, principalmente as de soja.

O artigo que descreve os resultados foi publicado recentemente no South African Journal of Botany. Fernanda Bruxel, Kétlin Fernanda Rodrigues, Júlia Gastmann, Mara Cíntia Winhelmann, Shirley Martins Silva, Lucélia Hoehne, Eduardo Miranda Ethur, Raul Antonio Sperotto e Elisete Maria de Freitas assinam o estudo. A pesquisadora principal, Fernanda Bruxel, abordou o tema ao longo de seu mestrado no PPGBiotec.

Algumas plantas que infestam culturas agrícolas têm adquirido resistência aos herbicidas, estimulando a busca por novos métodos de controle dessas plantas infestantes, que causam prejuízos econômicos a quem cultiva caso não sejam controladas. É nesse contexto que os metabólitos secundários de algumas plantas ‒ o produto gerado pelos processos do metabolismo vegetal ‒ podem ser usados ​​para o desenvolvimento de defensivos naturais, constituindo uma alternativa mais sustentável ao uso de herbicidas.

O estudo avaliou os efeitos fitotóxicos de extratos aquosos de folhas de erva-mate sobre a buva, obtidos por decocção e por infusão ‒ duas formas de obtenção de extrato aquoso utilizando água fervente. Para a avaliação, foram testadas diferentes concentrações dos extratos em experimentos de germinação e crescimento utilizando sementes (cipselas) e plântulas e plantas adultas de buva.

Na opinião da professora Elisete de Freitas, orientadora de Fernanda, o estudo possibilita mais uma forma de uso dos benefícios da erva-mate. “São mais possibilidades de retorno econômico para os produtores e para a indústria ervateira. Quanto à buva, em culturas agrícolas (monoculturas) ela representa um problema grave, e este estudo pode representar uma alternativa mais sustentável para o seu controle”, destaca a docente.

As plantas adultas de buva foram avaliadas quanto aos efeitos sofridos nos tecidos foliares quando expostas ao óleo. Ainda, foi realizada a análise por cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC, na sigla em inglês) da composição química do extrato aquoso por decocção, pois este apresentou os efeitos mais fitotóxicos sobre a buva. A cafeína foi identificada como o principal composto do extrato, seguida pela rutina e quercetina.

O extrato aquoso por decocção foi o mais eficaz e diminuiu a porcentagem de germinação da buva, bem como de plântulas formadas. Além de reduzir o número de germinações, quando expostas ao extrato, houve aumento do tempo de germinação e do tempo necessário para a formação de plântulas.

Plantas adultas, quando expostas ao extrato, apresentaram danos na epiderme das folhas, além de em outros tecidos (parênquima paliçádico e lacunoso) em seis horas após a exposição ao extrato. Os resultados do estudo confirmaram efeito tóxico do extrato aquoso por decocção sobre a germinação e o crescimento da buva e, ainda, sobre os tecidos das folhas de plantas adultas, comprovando potencial para o desenvolvimento de um herbicida natural com erva-mate.

Os pesquisadores envolvidos esperam seguir pesquisando o tema, para o que serão necessários investimentos e mais interessados em abordar o tema em seus trabalhos acadêmicos. O estudo foi financiado pelo Programa de Apoio aos Polos Tecnológicos do ano de 2021 ‒ Edital 01/2017 ‒ da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sict) do Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Fernanda também recebeu uma bolsa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) para a realização do mestrado.

Fonte: Univates. Por: Lucas George Wendt. Imagem principal: Depositphotos.

*Se o artigo ou imagem foi publicado com base no conteúdo de outro site, e se houver algum problema em relação ao conteúdo ou imagem, direitos autorais por exemplo, por favor, deixe um comentário abaixo do artigo. Tentaremos resolver o mais rápido possível para proteger os direitos do autor. Muito obrigado!

*Queremos apenas que os leitores acessem informações de forma mais rápida e fácil com outros conteúdos multilíngues, em vez de informações disponíveis apenas em um determinado idioma.

*Sempre respeitamos os direitos autorais do conteúdo do autor e sempre incluímos o link original do artigo fonte. Caso o autor discorde, basta deixar o relato abaixo do artigo, o artigo e a imagem será editado ou apagado a pedido do autor. Muito obrigado! Atenciosamente!

*If the article or image was published based on content from another site, and if there are any issues regarding the content or image, the copyright for example, please leave a comment below the article. We will try to resolve it as soon as possible to protect the copyright. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content and image of the author and always include the original link of the source article. If the author disagrees, just leave the report below the article, the article and the image will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!


Compartilhar

2 thoughts on “Folhas de erva-mate como herbicida natural

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: