Nelore Machadinho prepara reprodutores de primeiro escalão para oferta em leilão do dia 5 de junho

Compartilhar

O Tatersal Nair Santana da Costa, localizado na fazenda São José, na cidade de Novo Planalto (GO), será palco das ofertas do Leilão Touros Nelore Machadinho, que acontece no dia 5 de junho, a partir das 9 horas (horário de Brasília). Ao todo, 120 reprodutores com boa avaliação no Programa de Melhoramento Genético de Zebuínos (PMGZ), da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), e na Associação Nacional de Criadores e Pesquisadores (ANCP) serão ofertados no evento. Além dos touros, o criatório preparou também uma oferta especial de gado de corte.

A oferta de 50% do Obama FIV Machadinho é o grande destaque do criatório para o evento. Com 19 meses de idade, o animal, Deca 1 no PMGZ, também é contratado pela Alta Genetics, uma das principais centrais de coleta de sêmen do país.

“O leilão do Machadinho é bem tradicional em São Miguel do Araguaia (GO) e região. São mais de 50 anos de um trabalho de seleção sério e o criatório está na terceira geração de sua gestão. O lote de número 1 – Obama FIV Machadinho – vai deixar bem claro o nível de qualidade das ofertas e do trabalho do criatório”, comenta César Bruneto, da SAP, assessora do evento.

De São Miguel do Araguaia (GO), o Nelore Machadinho trabalha com o ciclo completo na pecuária, com cria, recria e engorda, e possui como objetivo principal a venda de animais Nelore PO de qualidade genética elevada. O criatório tem como mantra o encurtamento do ciclo pecuário, por meio de touros melhoradores que produzam bezerros de corte mais pesados, com menor idade de abate e melhor rendimento de carcaça.

Chancelado pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), o evento será transmitido pelo Canal Rural e retransmitido pelo Lance Rural e Remate Web. A SAP é a assessora do evento, que tem a Programa Leilões como leiloeira.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (61) 98117-2228.

Leilões oficiais

Os criadores que oficializam seus leilões na ACNB demonstram visão e comprometimento, colaborando para o fortalecimento e a valorização da raça Nelore e de seu próprio negócio. Com a oficialização, o promotor contribui com o valor equivalente a 1 salário mínimo para a ACNB e, em contrapartida, tem o seu leilão divulgado para todos os associados e a rede de relacionamentos da entidade, fortalecendo sua comunicação e ampliando o alcance a potenciais investidores. Os recursos arrecadados com a oficialização de leilões são integralmente aplicados pela ACNB e pelas Associações Regionais do Nelore conveniadas em ações de promoção da genética e da carne Nelore.


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: