Colmeia Viva, do Sindiveg, mantém assistência técnica gratuita a agricultores e apicultores

Compartilhar

O programa Colmeia Viva, do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal (Sindiveg), mantém ativo um exclusivo serviço de assistência técnica para o atendimento a agricultores e apicultores. O programa promove o uso correto de defensivos agrícolas para uma produção sustentável de alimentos aliado à proteção das abelhas.

“O canal está à disposição, gratuitamente, pelo telefone 0800-771-8000 e está aberto mesmo durante a pandemia, tendo realizado atendimentos periodicamente aos envolvidos na cadeia de produção de alimentos e de abelhas e mel”, afirma Daniel Espanholeto, especialista em uso correto e seguro do Sindiveg e coordenador do projeto.

Essa linha direta esclarece dúvidas e compartilha as boas práticas para a prevenção e mitigação da mortalidade de abelhas, com o atendimento de agricultores, criadores de abelhas, aplicadores de defensivos agrícolas, distribuidores, revendedores e equipes de vendas das 27 empresas associadas ao Sindiveg.

“Uma novidade incorporada durante a pandemia é o atendimento online, com a presença das partes envolvidas nos eventuais problemas e também consultores ligados a grandes instituições de pesquisas. Assim como o serviço realizado por telefone, a teleconferência é gratuita”, complementa Espanholeto, que é médico veterinário.

Eliane Kay, diretora-executiva do Sindiveg, ressalta que o serviço de Assistência Técnica do Colmeia Viva resulta do “Mapeamento de Abelhas Participativo (MAP). “Essa iniciativa de pesquisa investigou causas de mortes de abelhas no entorno de lavouras durante quatro anos e abrangeu 78 municípios paulistas.”

Agricultura com proteção às abelhas

Cerca de 35% da produção mundial de alimentos resulta de culturas dependentes da polinização animal – categoria que inclui as abelhas. Sem essa polinização animal, as culturas dependentes podem ter perdas de 40% a 100% na produção. Algumas das culturas dependentes das abelhas são a maçã, o maracujá e a melancia, por exemplo.

“O Colmeia Viva está empenhado em colaborar com mecanismos de regulamentação à proteção e à segurança do meio ambiente e das abelhas. Aprimorar o sistema produtivo das plantações e dos apiários é benéfico para a natureza como um todo e para os consumidores. Por isso, esse programa do Sindiveg tem grande importância para a sociedade”, finaliza Espanholeto.

Sobre o Sindiveg

O Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal (Sindiveg) representa a indústria de produtos para defesa vegetal no Brasil há 80 anos. Reúne 27 associadas, distribuídas pelos diversos Estados do País, o que representa aproximadamente 40% do setor. Com o objetivo de defender, proteger e fomentar o setor, o Sindiveg atua junto aos órgãos governamentais e entidades de classe da indústria e do agronegócio pelo benefício da cadeia nacional de produção de alimentos e matérias-primas. Entre suas principais atribuições estão as relações institucionais, com foco em um marco regulatório previsível, transparente e baseado em ciência, e a representação legitima do setor com base em dados econômicos e informações estatísticas. A entidade também atua fortemente para promover o uso correto e seguro, levando conhecimento e educação aos produtores e respeitando meio ambiente, leis e normas. Para mais informações, acesse http://www.sindiveg.org.br.


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *