Diamantino (MT) recebe mil animais na 9ª etapa do Circuito Nelore de Qualidade 2021

Compartilhar

Mato Grosso receberá mais uma etapa do Circuito Nelore de Qualidade. Dessa vez, será em Diamantino, nos dias 26 e 27 de julho, na unidade da Friboi. A 9ª etapa do Circuito é uma iniciativa da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB) com a Associação dos Criadores de Nelore do Mato Grosso (ACNMT) e conta com o apoio da Friboi e da Matsuda Sementes e Nutrição Animal. Durante essa etapa, ao menos mil animais passarão pelas avaliações de carcaça.

“Somente em 2021 já avaliamos mais de 3.000 animais nesse estado fantástico, que tem na pecuária um dos seus negócios mais importantes. Até o momento, o recorde de animais avaliados é de Mato Grosso. Além disso, a genética é de alta qualidade, composta por animais bem acabados e pesados. Em Diamantino certamente receberemos animais com a marca do melhoramento realizado pelos pecuaristas do estado”, destaca Nabih Amin El Aouar, presidente da ACNB.

O presidente da ACNMT, Aldo Rezende Telles, tem expectativa positiva para as avaliações em Diamantino, município que possui rebanho superior a 105 mil cabeças. As etapas promovidas na cidade em 2019 e 2020 apresentaram resultados significativos em termos de precocidade, peso e percentual de gordura.

“Diamantino é muito importante para a pecuária mato-grossense. O município tem PIB anual superior a R$ 2 bilhões. Metade se deve à agropecuária. Neste momento em que ainda estamos em pandemia, a realização do Circuito Nelore de Qualidade contribui para manter a economia aquecida e, com isso, proporcionar renda aos produtores”.

Diamantino é o último município de Mato Grosso a receber o Circuito em julho, que já passou por Alta Floresta, Colíder, Juara, Araputanga e Pontes e Lacerda. O estado receberá 10 etapas até o final do ano.

Após a etapa em Diamantino, o Circuito passará pela seguintes cidades até o fim do ano: Goiânia (GO), Água Boa (MT), Confresa (MT), Barra do Garças (MT), Pedra Preta (MT), Rio Branco (AC), Colatina (ES), Nova Andradina (MS), Redenção (PA), Santana do Araguaia (PA), Ituiutaba (MG), Iturama (MG), Pimenta Bueno (RO), São Miguel do Guaporé (RO), Vilhena (RO), Mozarlândia (GO), Senador Canedo (GO), Lins (SP), Naviraí (MS), Nanuque (MG), Anastácio (MS), Ponta Porã (MS), Itapetinga (BA), Andradina (SP), Teixeira de Freitas (BA) e Campo Grande (MS).

Neste ano, o Circuito Nelore de Qualidade conta com mais um campeonato nacional: “Melhores Lotes de Carcaças de Animais com Pai Identificado”, com a participação de progênies de touros identificados. Trata-se de mais uma oportunidade para comprovar a qualidade da genética selecionada.

Outra novidade é a Medalha Ouro Branco, que valoriza os lotes de fêmeas com até quatro dentes incisivos permanentes (d.i.p.) e machos castrados com até dois d.i.p., com cobertura de gordura na carcaça mediana ou uniforme e peso de carcaça quente entre 16 e 25 arrobas.

Contatos para inscrições

Para participar do Circuito Nelore de Qualidade em Diamantino, os pecuaristas devem entrar em contato com a unidade da Friboi pelos telefones (65) 3337 3545 ou (65) 99931 0073– falar com Thiago Bessa. Qualquer pecuarista pode participar da etapa de Diamantino com lotes a partir de 40 cabeças.

Circuito Nelore de Qualidade

Realizado pela Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), o Circuito Nelore de Qualidade fortalece e promove a genética e a carne Nelore, contribuindo para elevar a produtividade da pecuária nacional. A iniciativa avalia resultados obtidos pelos produtores, cada qual em sua realidade e sistema de produção.

Promovido desde 1999, o Circuito conta com apoio da Friboi e Matsuda Sementes e Nutrição Animal e cresce a cada ano: em 2021, já estão confirmadas 36 etapas. Até o fim do ano, mais de 20 mil animais devem ser avaliados. O Circuito Nacional de Qualidade é o maior campeonato de avaliação de carcaças de bovinos do mundo.

Confira o calendário completo e outras informações sobre o regulamento do Circuito no site da ACNB: www.nelore.org.br/CircuitoNelore.  


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *