É hora de redobrar cuidados com a febre aftosa

É hora de redobrar cuidados com a febre aftosa

Compartilhar

É hora de redobrar cuidados com a febre aftosa. É hora de aproveitar potencialidades, mas de redobrar cuidados, diz associação do gado Angus.

Agron Home

Veja também: Retirada completa da vacinação contra febre aftosa

É hora de redobrar cuidados com a febre aftosa

OIE reconheceu como áreas livre da doença sem vacinação os estados do Paraná, Rio Grande do Sul, Acre, Rondônia e parte do Amazonas e do Mato Grosso.

O reconhecimento por parte da Organização Mundial da Saúde Animal (OIE) do status de zona livre de febre aftosa sem vacinação para os estados do Paraná, Rio Grande do Sul, Acre, Rondônia e parte do Amazonas e do Mato Grosso nesta quinta-feira (27) representa um novo marco na pecuária brasileira. Resultado de anos de trabalho e de muita interlocução com o setor produtivo, a conquista deve abrir novos mercados à carne brasileira, mas também exige cuidados redobrados com a saúde do rebanho.

A Associação Brasileira de Angus entende que a tarefa de zelar pela segurança de nossos plantéis e pelo potencial genético acumulado em décadas de melhoramento é uma missão que precisa ser compartilhada entre produtores e órgãos públicos. Uma vigilância eficaz será primordial para que o Brasil colha os reais benefícios que se abrem com a chancela.

FONTE: DATAGRO.


Compartilhar

2 thoughts on “É hora de redobrar cuidados com a febre aftosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *