Associação Internacional de Criadores de Montana auxilia produtores com seleção criteriosa do rebanho

Compartilhar

Entidade oferece condições especiais para novos criadores até o fim do primeiro semestre de 2021, inclusive isenção da taxa de ingresso.

O rebanho Montana soma 10 mil matrizes e a raça comercializa cerca de 800 touros com CEIP por ano. Entidade de fomento e valorização, a Associação Internacional de Criadores de Montana (AIC-MTN) oferece suporte aos associados para atingirem o máximo do potencial da raça, proporcionando ganhos indiscutíveis a cada safra em termos de produtividade. Atualmente, o banco de dados de bovinos cruzados e compostos Montana conta com mais de 350 mil animais avaliados à desmama, o que o torna o maior do mundo. “Hoje temos 10 criadores associados no Brasil e 1 no Uruguai com acesso a esse grande volume de informações. É essa a base da credibilidade que a AIC-MTN oferece para os criadores alcançarem o máximo potencial do rebanho. Convidamos todos os produtores a se juntarem à Associação. Trata-se de uma opção genética fantástica, com muita contribuição a dar à pecuária brasileira.”, explica Gabriela Giacomini, Superintendente Técnica da AIC-MTN.

Pedro Cândido, pecuarista de Goiás, utiliza genética Montana e se associou recentemente à AIC-MTN. Ele explica suas expectativas com a filiação. “Em 2020, tivemos média de 249,5 kg na desmama. Alguns animais pesaram 314 kg e outros 180 kg. Se conseguisse eliminar os bezerros mais leves, a média subiria. A Associação me ajudará a controlar o gado e, assim, identificar o melhor acasalamento para minhas vacas produzirem crias cada vez mais pesadas”.

José Pavan Neto, presidente da AIC-MTN, destaca que a entidade ajuda os pecuaristas na tomada de decisão dos animais que devem permanecer no rebanho e dos que devem ser descartados. “Isso é essencial para o progresso genético. Oferecemos todo o suporte necessário, incluindo acompanhamento de geneticistas e avaliação técnica para o correto acasalamento e utilização das várias Diferenças Esperadas na Progênie (DEPs), como ultrassonografia de carcaça, desempenho e precocidade sexual”.

Os associados são classificados em dois grupos: Criador Junior – produtores de gado comercial, que desejam reunir informações sobre o valor genético de seus rebanhos – e Criador Pleno – produtores de touros e novilhas jovens com CEIP.

Os pecuaristas interessados em se filiar à Associação Internacional de Criadores de Montana devem entrar em contato pelo e-mail contato@montana.org.br. A AIC-MTN oferece condições especiais para novos criadores até o fim do primeiro semestre de 2021, inclusive isenção da taxa de ingresso.


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *