arroz

Colheita de arroz atinge 53% da área no RS

Compartilhar

Colheita de arroz no Rio Grande do Sul avançou significativamente, alcançando 53% da área cultivada.

Agron Home

Veja também: Ferramenta para o manejo e controle da buva do milho safrinha

A colheita avançou significativamente, mesmo com registro de chuvas nas principais regiões produtoras entre os dias 22 e 24/03. O índice colhido alcançou 53% da área cultivada no Estado. A produtividade permanece próxima à inicialmente estimada, com algumas particularidades regionais, provocadas pela maior ou menor disponibilidade hídrica para a irrigação e pela incidência de temperaturas inadequadas em fases reprodutivas.

Na regional da Emater RS/Ascar de Bagé, na Fronteira Oeste, o município de Uruguaiana, apresenta a maior área colhida, com índice de 85%. É seguido por Barra do Quaraí e Maçambará, com 80%; São Borja, 70%; Itaqui, 60%; Quaraí e Rosário do Sul, 50%. A produtividade continua variada conforme a época de plantio, a quantidade disponível para irrigação e a eficiência no controle de plantas invasoras, sendo que este último fator refletiu em maior quantidade de impurezas. De maneira geral, os grãos apresentam baixa qualidade, que diminui o valor comercial. Na Campanha, o reduzido volume de chuvas, na semana, acelerou a colheita. Em Dom Pedrito, a colheita alcançou 55% das lavouras, pois a rizicultura local dispõe de grande estrutura de máquinas e a área semeada, neste ano, foi inferior às passadas. A produtividade das lavouras encontra-se em torno de 20% abaixo da estimativa inicial, em decorrência das temperaturas elevadas e da falta de água para irrigação em algumas localidades. Houve também impacto na qualidade, com maior proporção de grãos quebrados nas amostras analisadas pela Unidade de Classificação da Emater RS/Ascar local. Perdas semelhantes foram observadas em Caçapava do Sul, onde 35% das lavouras foram colhidas. Melhores resultados ocorreram em Aceguá, com 40% das lavouras colhidas, e a produtividade está próxima à estimativa inicial.

Na de Pelotas, não ocorreram chuvas no período, o que favoreceu a colheita, alcançando 35% da área cultivada. A produtividade permanece na mesma faixa de 8.000 a 9.000 kg/ha. Em fase de maturação dos grãos são 57% dos cultivos; em estágio de enchimento de grãos, apenas 8%.

Na de Santa Maria, com o avanço da colheita para 34%, consolidam-se os problemas de falhas e grãos gessados em lavouras que se encontravam em enchimento de grãos em janeiro, quando as temperaturas giraram em torno de 40°C por dias subsequentes.

Na de Porto alegre, a colheita alcançou 52% das lavouras. E com 40% em maturação, rizicultores esperam a permanência de tempo seco nos próximos dias, para agilizar a operação. Os rendimentos obtidos situam-se próximos a 7.800 kg/ha, sendo 4% superiores aos estimados inicialmente.

Na de Soledade, a colheita avançou pouco. O atraso deveu-se à ocorrência de chuvas, sobretudo na segunda metade do período. Com o tempo firme, a operação foi retomada e alcançou 15% da área cultivada. A produtividade obtida está à margem da esperada, porém, diferentemente das regiões mais a Oeste do Estado, a qualidade do grão é considerada adequada. Os níveis de água dos rios e arroios aumentaram com as chuvas, e a disponibilidade de água para as lavouras de arroz foi normalizada.

Comercialização (saca de 50 quilos)

Conforme o levantamento semanal de preços realizado pela Emater/RS-Ascar no Rio Grande do Sul, o preço da saca de arroz teve elevação de +0,62% em relação à semana anterior, passando de R$ 75,74 para R$76,21.

Fonte: Emater/RS-Ascar – Informativo Conjuntural – nº 1704. Imagem principal: Depositphotos.

*Se o artigo ou imagem foi publicado com base no conteúdo de outro site, e se houver algum problema em relação ao conteúdo ou imagem, direitos autorais por exemplo, por favor, deixe um comentário abaixo do artigo. Tentaremos resolver o mais rápido possível para proteger os direitos do autor. Muito obrigado!

*Queremos apenas que os leitores acessem informações de forma mais rápida e fácil com outros conteúdos multilíngues, em vez de informações disponíveis apenas em um determinado idioma.

*Sempre respeitamos os direitos autorais do conteúdo do autor e sempre incluímos o link original do artigo fonte. Caso o autor discorde, basta deixar o relato abaixo do artigo, o artigo e a imagem será editado ou apagado a pedido do autor. Muito obrigado! Atenciosamente!

*If the article or image was published based on content from another site, and if there are any issues regarding the content or image, the copyright for example, please leave a comment below the article. We will try to resolve it as soon as possible to protect the copyright. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content and image of the author and always include the original link of the source article. If the author disagrees, just leave the report below the article, the article and the image will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!


Compartilhar

One thought on “Colheita de arroz atinge 53% da área no RS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: