biometano

Medidas de incentivo à produção de biometano

Compartilhar

Governo lança nesta segunda medidas de incentivo à produção de biometano.

Veja também: Realidade virtual e metaverso já chegou para as vacas

Na mais recente Conferência do Clima, Brasil assumiu compromisso de reduzir em 30% emissões do gás.

O Brasil assinou, no ano passado, durante a Cúpula do Clima (COP 26), um compromisso global de reduzir em 30% as emissões de metano na atmosfera. Para ajudar a cumprir esta meta, o governo vai lançar, nesta segunda-feira (21), várias medidas de incentivo a produção de biometano. A informação é do ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, que foi entrevistado neste domingo (20) no programa “Brasil em Pauta”, da “TV Brasil”.

Segundo Leite, diversas iniciativas já são realizadas para transformar resíduos sólidos – especialmente de aves, suínos, cana-de-açúcar e os provenientes dos aterros sanitários – em biometano. De acordo com o ministro, a transformação desses resíduos reduz a quantidade de gás metano gerado por esse tipo de lixo. “É lixo virando energia, é lixo virando combustível”, comemorou.

Leite diz que as propriedades rurais estão transformando esse resíduo em biogás e utilizando em tratores, caminhões e ônibus “Você pode usar o gás gerado na própria propriedade e reduzir o custo com o diesel”, falou.

Entre as medidas que serão anunciadas estão novas linhas de financiamento para crescimento verde. São R$ 400 bilhões para essa finalidade.

De acordo com o ministro, as políticas públicas são desenhadas pelo governo mas é o setor privado que deve executá-las. “É quem transformará a economia de hoje baseada em combustíveis fosseis numa economia neutra em emissões de gás de efeito estufa”, disse.

FONTE: DATAGRO. Imagem principal: Depositphotos.

*Se o artigo ou imagem foi publicado com base no conteúdo de outro site, e se houver algum problema em relação ao conteúdo ou imagem, direitos autorais por exemplo, por favor, deixe um comentário abaixo do artigo. Tentaremos resolver o mais rápido possível para proteger os direitos do autor. Muito obrigado!

*Queremos apenas que os leitores acessem informações de forma mais rápida e fácil com outros conteúdos multilíngues, em vez de informações disponíveis apenas em um determinado idioma.

*Sempre respeitamos os direitos autorais do conteúdo do autor e sempre incluímos o link original do artigo fonte. Caso o autor discorde, basta deixar o relato abaixo do artigo, o artigo e a imagem será editado ou apagado a pedido do autor. Muito obrigado! Atenciosamente!

*If the article or image was published based on content from another site, and if there are any issues regarding the content or image, the copyright for example, please leave a comment below the article. We will try to resolve it as soon as possible to protect the copyright. Thank you very much!

*We just want readers to access information more quickly and easily with other multilingual content, instead of information only available in a certain language.

*We always respect the copyright of the content and image of the author and always include the original link of the source article. If the author disagrees, just leave the report below the article, the article and the image will be edited or deleted at the request of the author. Thanks very much! Best regards!


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: