Cooperação técnica brasileira oferece tecnologia e material genético a produtores do Peru

Compartilhar

ANCP participou da cerimônia de entrega da carta de intenção à Embaixada do Brasil em Lima e de congresso internacional

No último dia 7 de março, a Associação Nacional de Criadores e Pesquisadores (ANCP) esteve na Embaixada do Brasil em Lima, no Peru, para acompanhar a cerimônia de entrega da carta de intenção da Fazenda Brahman Braúnas para cooperar com o setor pecuário peruano com o fornecimento de tecnologia e material genéticos.

A assinatura ocorreu um dia antes do início do 1º Congresso Internacional “Do pasto à mesa: desenvolvimento pecuário sustentável nos trópicos”, em Tarapoto, e foi promovido pela ANCP, Embaixada do Brasil, Fazenda Brahman Braúnas, Vaccinar Nutrição Animal e Geneal Genética e Biotecnologia Animal, com o apoio do Instituto Nacional de Inovação Agrária (INIA) e da Universidade Nacional São Martin, que sediou o evento.

O congresso, realizado de forma presencial e transmitido virtualmente para centenas de pessoas entre os dias 8 e 11 de março, contou com a presença de produtores, técnicos, empresas do setor pecuário e especialistas ligados à pecuária tropical. Na ocasião, foram apresentados os avanços tecnológicos e as novas tendências para o desenvolvimento pecuário sustentável com o objetivo de fortalecer a cooperação técnica e a troca de experiências no setor pecuário.

Dentro da programação, o médico veterinário da ANCP, Argeu Silveira, ministrou palestra apresentando todas as ferramentas, tecnologias e serviços da Entidade que poderão ser disponibilizadas aos criadores e centrais peruanos.  Outras palestras ocorreram entre os dias 8 e 9 com participação de representantes de empresas e entidades do Brasil, Colômbia e Costa Rica.

Nos dois dias seguintes, Argeu Silveira e os demais participantes visitaram a sede do INIA e propriedades na região de San Martin, fazendas que trabalham principalmente com as raças Brahman e Brangus e que estão interessadas em melhorar sua produção e a qualidade genética de seus animais.

Para Adalberto Cardoso, titular da Fazenda Brahman Braúnas, a visita foi muito oportuna para compartilhar experiência e aprendizado no desenvolvimento de genética Brahman. “Foi uma satisfação representar a pecuária brasileira e esta cooperação técnica junto ao INIA é um passo importante para o fortalecimento do comércio bilateral com nossos vizinhos do Peru”, destaca.

Argeu Silveira ressalta que a ANCP é um centro de pesquisa de excelência, pioneira em muitas características econômicas e que a cooperação com o Peru renderá ganhos para as duas partes. “Essa parceria pode promover mudanças de produtividade e ganho financeiro importantes para os produtores peruanos, além de enriquecer ainda mais o nosso banco de dados”, explica.


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: