Consumo de milho puxado por etanol no Mato Grosso

Consumo de milho puxado por etanol no Mato Grosso

Compartilhar

Consumo de milho puxado por etanol no Mato Grosso. O estado do Mato Grosso é o maior produtor do biocombustível a partir do milho.

Agron Home

Veja também: Resistência da buva aos herbicidas nas lavouras de soja

O etanol tem sido o principal responsável pelo crescimento do consumo de milho em Mato Grosso, aponta levantamento do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). No cenário nacional, o etanol de milho tem ganhado força consumidora no decorrer dos anos e, principalmente, na safra atual.

Com a queda na produção de cana-de-açúcar (matéria prima mais utilizada na produção do biocombustível brasileiro), as indústrias buscaram amparo no milho. Para se ter ideia, segundo a Unica, a produção do etanol a partir do cereal cresceu 77,3% no comparativo anual.

Esse acréscimo na parcela de participação do etanol refletiu diretamente no destino da produção do milho em MT, que é maior produtor do biocombustível a partir do cereal no país.

Além disso, mesmo com a alta de 119,85% nos preços disponíveis em jun-21 ante jun-20, o setor continua com fortes expectativas de produção. Deste modo, a produção do biocombustível ganha potencial de crescimento no estado, o que gera um acréscimo no valor agregado do milho mato-grossense.

FONTE: DATAGRO.


Compartilhar

One thought on “Consumo de milho puxado por etanol no Mato Grosso

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *