Requisitos fitossanitários para milho e mirtilo

Requisitos fitossanitários para milho e mirtilo

Compartilhar

Requisitos fitossanitários para milho e mirtilo. Comissão do Mercosul revisa requisitos fitossanitários para milho e mirtilo.

Agron Home

Veja também: Plano safra 2021/22 tem volume de recursos aumentado

Procedimentos passam por revisão, por exemplo, no caso de mudança do status fitossanitário das culturas, devido à introdução de novas pragas na região.

O Departamento de Sanidade Vegetal e Insumos Agrícolas da Secretaria de Defesa Agropecuária do Mapa informa que estão sendo revisados, pela Comissão de Quarentena do Mercosul, os Sub-standards de Requisitos Fitossanitários para Zea mays (milho) e Vaccinium spp. (mirtilo) conforme país de destino e origem, para os Estados-Partes.

Os Sub-standards podem ser revisados, por exemplo, no caso de mudança do status fitossanitário das culturas, devido à introdução de novas pragas na região ou de alteração das medidas a serem exigidas para determinadas pragas.

A harmonização de requisitos fitossanitários é realizada no Mercosul para diversas culturas agrícolas, hortícolas, frutícolas e florestais, nos quais são estabelecidas as medidas fitossanitárias que os países-membros devem cumprir no comércio intrarregional destes produtos.

As propostas dos textos revisados podem ser consultadas no link: https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/sanidade-animal-e-vegetal/sanidade-vegetal/analise-de-riscos-de-pragas. As sugestões às propostas devem ser encaminhadas para dqv.dsv@agricultura.gov.br ou tiago.lohmann@agricultura.gov.br até o dia 15 de julho.

FONTE: DATAGRO.


Compartilhar

2 thoughts on “Requisitos fitossanitários para milho e mirtilo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *