Novas tecnologias para as políticas da agricultura familiar

Novas tecnologias para as políticas da agricultura familiar

Compartilhar

Comissão da Câmara aprova projeto que inclui acesso a novas tecnologias para as políticas da agricultura familiar.

Agron Home

Veja também: Custos de produção do trigo tem aumento no RS

Novas tecnologias para as políticas da agricultura familiar. Política da agricultura familiar também deverá levar em consideração o desenvolvimento sustentável.

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados aprovou, na última quarta-feira (09), o Projeto de Lei 5826/19, que inclui a inovação e o desenvolvimento tecnológico entre as diretrizes a serem observadas na formulação da Política Nacional da Agricultura Familiar.

Segundo a “Agência Câmara”, a proposta é de autoria do deputado Carlos Henrique Gaguim (DEM-TO) e recebeu parecer favorável do relator, deputado Juarez Costa (MDB-MT). Ele apresentou uma emenda para determinar que a política da agricultura familiar também leve em consideração o desenvolvimento sustentável. Costa disse que o projeto é importante porque não foca apenas em financiamento e comercialização, aspectos geralmente priorizados em políticas públicas para o campo.

“É preciso avançar nos pontos que ainda constituem um entrave para a promoção do crescimento e fortalecimento da agricultura familiar no Brasil. Nesse contexto, a questão tecnológica merece destaque”, disse. O texto aprovado altera a Lei 11.326/06, que estabeleceu as diretrizes da Política Nacional da Agricultura Familiar e Empreendimentos Familiares Rurais. O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado agora pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

FONTE: DATAGRO.


Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *