Campanha Abate Seguro

Compartilhar

Em todo o estado do Maranhão está presente uma situação alarmante de irregularidade de abate clandestino ou irregular, não possuem o devido registro no órgão de fiscalização oficial.

Essa atividade, apesar de irregular, está presente nos 217 municípios do Estado, em condições de higiene precárias, com a manipulação dos animais e sua carcaça de forma rústica e abrupta, sem qualquer disposição técnica, legal e sem nenhum tipo de serviço de inspeção sanitária. Esse tipo de prática propicia os mais diversos meios de contaminação da carne e representa um risco permanente para a saúde pública.

Os abatedouros clandestinos comprometem a gestão municipal e, por consequência, a estadual, visto que os problemas gerados pela atividade irregular variam desde aspectos sanitários, ambientais, sociais e, ainda, com o fisco, pela ausência de recolhimento de tributos.  Entretanto, qualquer abatedouro clandestino pode ser regularizado e obter o seu registro junto ao serviço de inspeção oficial, desde que cumpra os requisitos técnicos estabelecidos pela legislação vigente. Assim, poderá produzir e fornecer de forma sustentável e humanitária produtos de origem animal destinados ao consumo da população.

O Maranhão possui um plantel acima de 8 milhões de cabeças de bovinos, sendo o 2º rebanho do Nordeste e o 12º do Brasil. O Estado já alcançou o status de estado livre de febre aftosa com vacinação.

Por isso estamos com a CAMPANHA ABATE SEGURO.

🥩 A Cadeia Produtiva da Carne que vai do pecuarista até a mesa do consumidor precisa ser melhor desenvolvida no Maranhão.

🐂 O Maranhão já é zona livre de Aftosa com vacinação, e, estamos cada dia mais próximos de ficarmos zona livre sem a vacinação.

🐃 Agora precisamos evoluir na situação de abatedouros regularizados e nos Serviços de Inspeção Municipal o SIM.

🥩 Essa campanha de Abate Seguro vai trazer 11 vídeos de redes sociais e 01 institucional sobre o assunto.


Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *