Projeto Agrocooperação já iniciou atividades de 2022

Compartilhar

O projeto “Agrocooperação – uma consciência, inúmeros benefícios” – iniciativa da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) do Mato Grosso do Sul com apoio do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal (Sindiveg) – iniciou as atividades do ano com a realização de live sobre a importância da parceria entre agricultores e apicultores para potencializar os setores. A organização também anunciou uma série de podcasts e o lançamento do site da campanha (www.agrocooperacao.com.br).

“O projeto Agrocooperação é uma importante iniciativa de soma de esforços que o Sindiveg tem orgulho de apoiar. Essa campanha busca incentivar o diálogo entre agricultores e criadores de abelhas, bem como entre os responsáveis pela aviação agrícola e a rede de distribuição de insumos. Com essa troca de experiências e informações, contribui com o aprimoramento das atividades e conscientiza sobre as responsabilidades de cada elo dessas grandes cadeias produtoras”, afirma a diretora executiva do Sindiveg, Eliane Kay.

A live de abertura do ano (que pode ser conferida na íntegra em https://youtu.be/FhqFo41I8EM) contou com o diretor-presidente da Agência Estadual de Defesa Sanitária, Animal e Vegetal do Mato Grosso do Sul (Iagro, que coordena a campanha), Daniel Ingold, o superintendente de Ciência e Tecnologia, Produção e Agricultura Familiar da Semagro, Rogério Beretta, e o assessor da Coordenadoria de Pecuária (Copec) da pasta, Orlando Serrou Camy Filho. O encontro foi mediado pelo diretor operacional do Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (Sindag, que também é parceiro da causa), Cláudio Júnior Oliveira.

“Esta foi a primeira de cinco transmissões via web até o final de julho e abordarão pilares que beneficiam a sustentabilidade e a segurança no campo. Em 27 de abril, a transmissão focará no agricultor. Em 25 de maio, no apicultor. Em 29 de junho, será a vez de abordar a aviação agrícola. Por fim, em 27 de julho, vamos debater a revenda de insumos”, informa Daniel Espanholeto, especialista em uso correto e seguro de defensivos agrícolas do Sindiveg, que participa de todos os encontros virtuais.

Espanholeto, que coordena o programa Colmeia Viva – iniciativa do Sindiveg para estimular a boa relação entre a agricultura e a apicultura/meliponicultura – também participará do desenvolvimento de uma série de 10 podcasts do Agrocooperação nos próximos meses. O podcast de estreia (https://youtu.be/i6I89qyW-VE) tem como tema Convivência: Abelhas e Setor Agrícola, apresentado pelo diretor operacional do Sindag, Júnior Oliveira, com a participação do presidente da entidade, Thiago Magalhães e seu diretor-executivo, Gabriel Colle. O podcast tem a participação ainda do professor João Miguel Ruas, engenheiro agrônomo, mestre em Mecanização Agrícola, especialista em Manejo integrado de pragas e coordenador em aviação agrícola.

Além do Sindiveg, a campanha tem apoio da Associação Nacional dos Distribuidores de Insumos Agrícolas e Veterinários (Andav) e Associação dos Engenheiros Agrônomos do Mato Grosso do Sul (Aems).

A primeira fase do projeto, realizada em 2021, conquistou excelentes resultados, de acordo com o diretor-presidente da Iagro. Daniel Ingold destaca que no período houve “incremento de quase 8% no cadastro de colmeias” na região. Em 2020, houve o registro de 25.109 colmeias, total que subiu para 27.145 colmeias no ano seguinte. Para Ingold, esse resultado decorre da troca de informações entre os criadores e entre os produtores agrícolas, potencializado pela campanha Agrocooperação.

“Os bons resultados da campanha dependem do esforço de todos os envolvidos. O Sindiveg, consciente de suas responsabilidades, desempenha papel relevante ao estimular suas 26 empresas associadas a contribuir com o diálogo entre agricultores, apicultores e meliponicultores. Afinal, integrar esses setores é a chave para garantir a produção sustentável de alimentos e a proteção das abelhas e do meio ambiente”, finaliza Eliane Kay.

Confira o site do projeto: www.agrocooperacao.com.br.

Sobre o Sindiveg

O Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal (Sindiveg) representa a indústria de produtos para defesa vegetal no Brasil há mais de 80 anos. Reúne 26 associadas, distribuídas pelos diversos Estados do País, o que representa aproximadamente 40% do setor. Com o objetivo de defender, proteger e fomentar o setor, o Sindiveg atua junto aos órgãos governamentais e entidades de classe da indústria e do agronegócio pelo benefício da cadeia nacional de produção de alimentos e matérias-primas. Entre suas principais atribuições estão as relações institucionais, com foco em um marco regulatório previsível, transparente e baseado em ciência, e a representação legitima do setor com base em dados econômicos e informações estatísticas. A entidade também atua fortemente para promover o uso correto e seguro, levando conhecimento e educação aos produtores e respeitando meio ambiente, leis e normas. Para mais informações, acesse http://www.sindiveg.org.br.


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Conteúdo protegido!
%d blogueiros gostam disto: