UPL investe US$ 500 mil e estação de pesquisas e desenvolvimento em Pereiras (SP) torna-se plataforma global de P&D de nematoides

Compartilhar

Centro de inovação passa a contar com sete laboratórios e 30 profissionais dedicados em área de 70 hectares.

A UPL, uma das cinco maiores empresas de soluções agrícolas do mundo, investiu US$ 500 mil – equivalente a R$ 2,5 milhões – na ampliação e modernização do seu centro de pesquisas e desenvolvimento em Pereiras, no interior de São Paulo. A unidade passa a contar com sete laboratórios e contribuirá para gerar inovação em defesa fitossanitária e biossoluções para a agricultura brasileira e mundial, tornando-se o centro global de P&D de nematoides da empresa.

“O Brasil é um dos maiores produtores de alimentos, tem área, clima e água para contribuir ainda mais para o aumento da oferta global. A UPL intensifica investimentos no país, reforçando sua base de inovação, em linha com sua estratégia OpenAg. O centro de desenvolvimento de Pereiras torna-se referência em nematoides e contribuirá não apenas para a validação de tecnologias para o mercado brasileiro, mas também para fornecimento global”, explica Mike Frank, presidente e COO global da UPL, que veio ao Brasil para a inauguração do centro de pesquisas.

A unidade ocupa área de 70 hectares, tem 30 profissionais dedicados e foi totalmente remodelada, passando a contar com modernos e completos laboratórios de entomologia, fitopatologia, herbicidas, nematologia, tratamento de sementes, tecnologia de aplicação e manipulação de produtos. São cinco laboratórios a mais do que na estrutura anterior, que já contava com áreas para estudo de insetos (entomologia) e manipulação, além de realizar pesquisas experimentais.

“O centro simula uma propriedade comercial e as condições tradicionais de cultivo. Esse ambiente permite testar com eficiência a performance de nossas soluções globais, que são desenvolvidas no OpenAg Center, nos Estados Unidos. O aprimoramento desse processo é a garantia de que os produtos oferecidos aos agricultores têm excelentes resultados no campo”, destaca Rogério Castro, CEO da UPL Brasil.

Castro ressalta que a ampliação do centro de pesquisas reforça o compromisso da UPL com o mercado agrícola brasileiro e global. “Por meio do nosso conceito OpenAg, estamos efetivamente nos transformando em uma empresa aberta à inovação e a parcerias para reimaginar a sustentabilidade. Com isso, contribuímos em várias frentes, como racionalização de custos para os produtores, qualidade das lavouras, redução de impactos ambientais e aumento da oferta de alimentos para atender à crescente demanda do planeta.”

A UPL conta com nove centros de pesquisa e desenvolvimento globais. Além de Pereiras, a empresa possui unidade em Ituverava (SP), duas na Índia e outras distribuídas por Espanha, Indonésia, Inglaterra, México e Vietnã.

Sobre a UPL

A UPL é uma fornecedora global de produtos e soluções agrícolas sustentáveis, com receita anual superior a US $ 5 bilhões. Somos uma empresa orientada por um propósito. Através do OpenAg™, estamos focados em facilitar o progresso de toda a cadeia de produção agrícola. Estamos construindo uma rede de conexões que está reimaginando a sustentabilidade, redefinindo a maneira como a indústria pensa e trabalha, de forma inovadora, aberta a novas ideias e novas soluções, enquanto atuamos fortemente em direção à nossa missão de tornar todo alimento mais sustentável. Como uma das maiores empresas de soluções agrícolas do mundo, nosso robusto portfólio consiste em produtos biológicos e soluções tradicionais de proteção de cultivos, com mais de 14.000 registros. Estamos presentes em mais de 130 países, com mais de 10.000 colaboradores globalmente. Para mais informações sobre nosso portfólio integrado de soluções para toda a cadeia de produção de alimentos, desde o tratamento de sementes até a mesa do consumidor, incluindo serviços e tecnologias digitais, visite upl-ltd.com/br/ e siga a UPL no LinkedInInstagram e Facebook.


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: