Prof. Paulo Dilkin lançará, com exclusividade, o livro “Micotoxinas em Aves” no estande da Agrifirm durante o 22º Simpósio Brasil de Avicultura

Compartilhar

O tema referenda a atenção à pesquisa científica da multinacional holandesa para o enfrentamento da problemática gerada pela presença desses agentes tóxicos para o desenvolvimento zootécnico das aves

Curitiba, 30 de março de 2022 – A Agrifirm, atenta à qualidade nutricional dos alimentos destinados para a avicultura, colocará à disposição do público presente no 22º Simpósio Brasil Sul de Avicultura, evento que acontecerá de 5 a 7 de abril, em Chapecó (SC), toda sua experiência global e soluções voltadas para mitigar os efeitos nocivos do inimigo oculto comum das granjas, as micotoxinas. “Além de toda a nossa experiência global em torno do tema, com muita honra, nesta edição, o nosso estande no 13º Brasil Sul Poultry Fair, espaço dedicado para networking paralelo ao simpósio, será o local exclusivo para o lançamento do livro ‘Micotoxinas em Aves’ de autoria do renomado pesquisador Prof. Paulo Dilkin com colaboração da nossa equipe técnica global e local”, insere o Diretor Global de Micotoxinas da Agrifirm, Fernando Tamames. 

Diretor Global de Micotoxinas da Agrifirm, Fernando Tamames

Tamames lembra que há mais de 30 anos a multinacional se dedica aos estudos dos efeitos causados pelas micotoxinas, sempre aprimorando suas soluções e oferecendo ao mercado produtos comprovadamente eficazes com base em testes in vivo e in vitro. “Portanto, participar deste evento que marcará o reencontro dos profissionais do segmento avícola após um longo período de distanciamento social e o lançamento do livro ‘Micotoxinas em Aves’ do Prof. Paulo Dilkin contextualiza o nosso empenho para o aperfeiçoamento de soluções para a produção avícola com foco no tema em questão, as micotoxinas”, destaca Fernando.

O livro de autoria do Professor Paulo Dilkin, um dos principais especialistas do mundo no estudo de micotoxinas e professor adjunto da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM, Santa Maria/RS), aborda conhecimentos atualizados sobre a micotoxicologia avícola, e por esta razão, sua relevância à cadeia produtiva.

O autor destaca que, com base nos alimentos terminados e matérias-primas analisadas, cerca de 80% dos alimentos consumidos pelas aves apresentam contaminação de pelo menos uma micotoxina, sendo mais de 700 de conhecimento dos profissionais do meio e ocorrências de intoxicações via alimentos frequentes.

Professor Paulo Dilkin, autor do livro ‘Micotoxinas em Aves’

A publicação ‘Micotoxinas em Aves’ foi dividida em seis capítulos – efeitos imunossupressores, saúde e qualidade intestinal, lesões em órgãos alvo, perdas na produção de ovos, baixo desempenho do lote e perdas no frigorífico – com diversas informações a respeito da importância das micotoxinas e o quanto realmente são danosas para a produção avícola. “Um material que não considero como solução, mas um meio para que o profissional e o produtor passem a acessar conhecimentos e atualizações sobre controle dos impactos negativos das micotoxinas”, ressalta Paulo Dilkin.

O Prof. Paulo destaca o integral apoio da Agrifirm para a elaboração do material: “A Agrifirm é uma empresa que se destaca por incentivar e apostar na ciência. Contamos com o incentivo da equipe técnica e consultores da Agrifirm, Fernando Tamames e Mateus Morgan, fundamental para conclusão do material. Também saliento as vastas experiências de campo dos profissionais da multinacional para definir com muita precisão a real necessidade das informações contidas no livro, além de sua utilidade junto aos estudantes, profissionais de empresas avícolas e produtores”.


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: