Indústria indiana de defensivos dará US$ 1,25 para startups que ajudarem a reduzir emissão de carbono

Compartilhar

A UPL, uma das cinco maiores companhias de soluções agrícolas do mundo, investirá US$ 1,25 milhão – cerca de R$ 6,46 milhões, na cotação atual – em duas startups que podem impactar positivamente a cadeia de produção de alimentos por meio da redução das emissões de carbono e da melhora da saúde do solo. Essas empresas serão selecionadas no “Radicle Carbon and Soil Challenge by UPL”, um desafio realizado em parceria com a Radicle Growth, uma plataforma de construção de startups para tecnologias agrícolas e alimentares.

O desafio busca explorar tecnologias disruptivas e inovadoras na cadeia de produção, abrangendo ferramentas digitais, supply chain, produtos biológicos, nutrição vegetal, fintech (tecnologia financeira), novos modelos de negócios, gestão em pecuária e MRV (monitoramento, reporte e verificação), além da saúde do solo e dos mercados de carbono. O vencedor da competição ganhará um investimento de US$ 1 milhão (R$ 5,17 milhões), enquanto o segundo colocado receberá US$ 250 mil (R$ 1,29 milhão).

As inscrições poder ser feitas no site https://radicle.vc/carbon-soil-early-applicant-form/.

“Na UPL, acreditamos fortemente no poder da colaboração aberta para conectar pessoas e problemas com tecnologias e soluções revolucionárias. É por isso que estamos lançando o ‘Radicle Carbon and Soil Challenge’ em parceria com a Radicle Growth: para reunir as melhores ideias, inovações, startups e cientistas que ajudarão a proteger e preservar um de nossos ativos naturais mais valiosos – o solo”, afirma o CEO Global da UPL, Jai Shroff. A empresa, com sede global em Mumbai, está entre as quatro maiores do setor no Brasil.

Para Kirk Haney, sócio-gerente da Radicle Growth, alimentar a crescente população mundial é de extrema importância. “Nossos agricultores fazem um trabalho incrível nesse sentido. O desafio é mitigar o impacto ambiental causado pela produção de alimentos. Estamos entusiasmados em trabalhar em colaboração com a UPL para encontrar e financiar os empreendedores que estão resolvendo este problema.”

Os resultados do desafio serão divulgados em março de 2022, durante evento em São Francisco, nos Estados Unidos. Um painel de jurados com expertise no setor, a ser anunciado em breve, ouvirá de quatro a seis finalistas escolhidos entre o grupo total de candidatos. Além do financiamento, os vencedores também terão acesso a conselhos de executivos da UPL e da Radicle, com o objetivo de ajudar a acelerar os esforços técnicos e de negócios da empresa.

Para mais informações sobre o Radicle Carbon and Soil Challenge da UPL, acesse https://radicle.vc/the-radicle-challenge/.


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: