Desafio da Pecuária Responsável recebe inscrição de mais de 70 projetos; ideia vencedora receberá prêmio de R$ 15 mil

Compartilhar

O Desafio da Pecuária Responsável recebeu a inscrição de mais de 70 projetos sobre bem-estar animal. A partir de agora, as 10 melhores ideias serão selecionadas para uma curadoria que se iniciará em janeiro de 2022. Ao final da competição, a proposta vencedora receberá um prêmio de R$ 15 mil. O Desafio é uma iniciativa da Phibro Saúde Animal, em parceria com o Instituto BE.Animal, a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes Industrializadas (ABIEC), a Athenagro, o Notícias do Front e mais de 90 empresas e entidades ligadas ao agronegócio.

“A quantidade de inscrições superou as nossas expectativas. Mas essa foi apenas a primeira etapa da nossa jornada. Com o término das inscrições em outubro, vamos iniciar a segunda fase, que consiste na escolha de 10 projetos que serão encaminhados a curadoria gratuita. Esse processo auxiliará na estruturação das propostas e durará até abril, quando os três finalistas serão selecionados. O grande vencedor será conhecido em junho de 2022, durante um evento especial”, explica Ivan Fernandes, diretor de marketing e serviços técnicos da Phibro para a América do Sul.

Lançado em julho, o Desafio da Pecuária Responsável tem como objetivo incentivar a cadeia de produção de proteína animal a melhorar continuamente suas práticas, de forma alinhada aos preceitos essenciais da sustentabilidade, contribuindo para a saúde do planeta, dos bovinos e da espécie humana, bem como para a economia nacional. Nesta primeira edição, os interessados foram convidados a desenvolver projetos executáveis e aplicáveis sobre o tema central “bem-estar animal”, envolvendo nutrição, saúde, ambiente e conforto, comportamento e saúde mental.

“A saúde e o bem-estar dos animais – temas cada vez mais relevantes no setor e na opinião pública – são nosso propósito. Nesse sentido, acreditamos que as pessoas são instrumentos de mudança. Por meio do Desafio, pretendemos conectar a pecuária e proporcionar estratégias sustentáveis. Este é um movimento de protagonismo, em representantes de toda a cadeia produtiva que se uniram para mostrar ao mundo que é possível produzir carne de forma responsável. Temos certeza de que os projetos selecionados contribuirão para o desenvolvimento do país”, comenta Fernandes.

Para saber mais sobre a iniciativa, acesse www.pecuariaresponsavel.com.


Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *